MENU

02/06/2021 às 17h25min - Atualizada em 02/06/2021 às 17h25min

8 regras de ouro para fechar negócios

Ao longo da vida, é preciso desenvolver diversas habilidades para se destacar no mercado de trabalho e conquistar melhores oportunidades. A lista contempla inteligência emocional, empatia, flexibilidade, resiliência e muitas outras características. Mas, indo além, você sabe o que todo profissional precisa ter para ter sucesso e conseguir fechar negócios?
 
De acordo com Richard Maxwell, autor do livro “Como conquistar clientes e fechar negócios”, há duas atividades que acontecem diariamente no mundo dos negócios. Uma delas é a tentativa de vender algo para outra pessoa. Pode ser um produto, um ponto de vista ou uma simples ideia. Para isso, contamos histórias que devem encantar as pessoas. 
 
Maxwell diz em sua obra que, se o desejo é vender algo, é importante ter persuasão. No dicionário, a palavra é definida como “ação de convencer alguém sobre alguma coisa ou fazer com que essa pessoa mude de comportamento e/ou opinião.” E, por isso, você deve saber como desenvolvê-la, além de conhecer outras dicas que devem ser praticadas no dia a dia.

Como fechar negócios: 8 dicas para seguir

Alguns truques vão ajudar você a fechar negócios e alcançar seus objetivos. Continue a leitura para saber!

1 - Desenvolva a persuasão

Se você tem o costume de falar sem parar e não abre espaço para a outra pessoa responder, é hora de repensar essa atitude. Afinal, ser persuasivo envolve saber escutar o cliente – e, indo além, precisa entender suas dores e o que ele necessita. Com isso, você consegue preparar um discurso mais assertivo e com maior poder de convencimento.

2 - Demonstre credibilidade

Além de ter total domínio do produto que está sendo vendido ou ter argumentos sólidos do projeto que está em negociação, é importante transmitir credibilidade. Por isso, mostre-se seguro, estude bem o discurso e tenha as informações principais na ponta da língua. Por outro lado, o discurso deve ser natural e não apenas um texto decorado e sem personalidade.

3 - Controle a conversa

Em uma parceria, é muito importante que os benefícios sejam interessantes para ambas as partes. Por isso, preste atenção no seu tom de voz e conduza a conversa de forma que o cliente entenda o que ele tem a ganhar ao adquirir o seu produto ou serviço. Como falamos, abra espaço para que ele tire dúvidas e, no bate-papo, conquiste sua confiança.
 

4 - Mantenha o clima agradável

Em uma negociação, é comum que o nervosismo tome conta de quem precisa realizar uma venda. Porém, nesse momento, é importante controlar as emoções, respirar fundo e fazer o possível para manter a calma. Além disso, é essencial que a conversa seja realizada com base no respeito e sem discussões. Seja simpático e transmita segurança em sua fala.

5 - Faça um bom contrato

Fechar negócios envolve contratos. E esses documentos precisam ser bem estruturados para evitar problemas que possam acontecer no futuro, principalmente em longo prazo. Nessa etapa, é importante que tudo esteja em papel e assinado por ambas as partes. O contrato deve incluir preços, condições, multas e todos os dados que forem relevantes.

6 - Enxergue o cliente como um parceiro

O cliente deve ser visto como um parceiro, em que será feita uma parceria ganha-ganha. A conversa deve ser fluida e natural. De forma alguma as negociações devem ser vistas como campos de guerra, em que você “joga a bomba” em outra pessoa e espera o resultado acontecer. É preciso construir um bom relacionamento e caminhar para colher bons frutos.

7 - Aproveite o tempo disponível

Quanto tempo você tem para realizar a negociação? Se tiver trinta minutos, por exemplo, aproveite bem para conversar com o cliente. No início, veja suas reações e só entre para falar de possíveis descontos quando for necessário. O ideal é deixar futuras ofertas para o fim, momento em que você terá que analisar propostas para realizar, de fato, a venda.

8 - Não prometa o que não pode cumprir

O básico é: só prometa aquilo que você pode cumprir. Não faça propostas incríveis se não for possível colocá-las em prática. Além de ser uma possível propaganda enganosa, o cliente ficará desapontado e, quem sabe arrependido, se receber algo inferior ao que foi negociado. Por isso, tenha sempre a sinceridade e a honestidade como premissas. 
 
Bom, negociar com sucesso é um processo que pode ser praticado aos poucos. Para isso, é bom ir além das dicas e procurar outras formas de se aprofundar no assunto. Vale incluir a leitura dos livros: “As armas da persuasão”, do autor Robert Cialdini e “Como fazer amigos e influenciar pessoas”, de Dale Carnegie.
 
Para completar, outra forma de aprender a fechar negócios é realizar uma pós-graduação Anhanguera. O MBA em Gestão Estratégica de Vendas é uma opção para pessoas que desejam aprender mais sobre a arte de fechar negócios, negociação e gestão de conflitos. Repasse as dicas e mãos à obra!
 
 
Link
Lucas W. Pelisari

Lucas W. Pelisari

Colunista de empreendedorismo e Direito

Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp