MENU

16/09/2021 às 22h55min - Atualizada em 17/09/2021 às 00h50min

Homem vira réu por matar a facadas mulher e enteado, em Piraquara

Após o crime, acusado fugiu e deixou uma filha, de dois anos, trancada no local com os dois corpos, segundo a denúncia; Elizeu de Castro Silva vai responder por duplo homicídio qualificado.

G1 - Norte, Nordeste PR
https://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2021/09/16/homem-vira-reu-por-matar-a-facadas-mulher-e-enteado-em-piraquara.ghtml

Após o crime, acusado fugiu e deixou uma filha, de dois anos, trancada no local com os dois corpos, segundo a denúncia; Elizeu de Castro Silva vai responder por duplo homicídio qualificado. Mãe e filho foram encontrados mortos dentro de casa, em Piraquara; marido e padrasto das vítimas foi acusado pelo crime
Marcelo Rocha/RPC
Um homem, de 31 anos, se tornou réu por matar a esposa e um enteado, de nove anos, a facadas, em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba.
Elizeu de Castro Silva foi acusado por duplo homicídio qualificado pelas qualificadoras feminicídio, mediante dissimulação, para assegurar a impunidade de outro crime, com agravante de crime contra criança abaixo de 12 anos.
O caso foi registrado no dia 1º de setembro, na Rua Nova Jerusalém. A Justiça aceitou a denúncia contra ele no dia 10 de setembro.
Mãe e filho são encontrados mortos dentro de casa, em Piraquara; marido e padrasto das vítimas é acusado
Ivanilda de Magalhães de Castro, de 33 anos, segundo a denúncia do Ministério Público do Paraná (MP-PR), foi morta pelo marido quando estava deitada, assistindo televisão. Ela foi atingida com golpes de faca nas regiões da cabeça, pescoço, peito e abdômen.
O filho dela, enteado de Elizeu, conforme a denúncia, foi morto com facada na cabeça. Os promotores relataram que o acusado matou o menino, sem chance de defesa, para "assegurar a impunidade do crime" cometido contra a mãe.
Após matar esposa e enteado, Elizeu trancou a casa e fugiu, deixando uma filha, de dois anos, no local, com os corpos das duas vítimas. A criança foi encaminhada ao Conselho Tutelar.
Elizeu foi preso e encaminhado ao Centro de Triagem da Polícia Civil, em Curitiba.
Homem fugiu após matar mulher e criança com facadas, em Piraquara, segundo a Polícia Civil
Marcelo Rocha/RPC
Os advogados de Elizeu, Élio Moreira Santos e Davi Sizanoski Filho, destacaram que o recebimento da denúncia é uma consequência natural do processo.
"Estamos cientes da gravidade da imputação do crime que Elizeu irá responder, entretanto os princípios da ampla defesa e contraditório devem ser resguardados e é nisso que estamos embasados para fazer a sua defesa, que a propósito, tem audiência de instrução, previsto para o dia 8 de outubro de 2021, às 14h".
A defesa da família das vítimas defendeu que o caso vá a júri popular. "Buscaremos que o acusado seja remetido a julgamento perante o Tribunal do Júri, e uma condenação severa, pelos crimes bárbaros praticados", disse o advogado Igor José Ogar.
Assista aos vídeos mais acessados do G1 PR
Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

Fonte: https://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2021/09/16/homem-vira-reu-por-matar-a-facadas-mulher-e-enteado-em-piraquara.ghtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp