MENU

21/09/2021 às 21h48min - Atualizada em 22/09/2021 às 00h00min

Covid: Cidades do Paraná com doses remanescentes podem vacinar adolescentes de 12 a 16 anos, diz Beto Preto

Na manhã desta terça-feira (21), Ratinho Junior anunciou que estado vai usar reserva técnica para iniciar vacinação contra Covid em adolescentes de 17 anos. Ministério da Saúde não enviou imunizantes para o público desta faixa etária.

G1 - Norte, Nordeste PR
https://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2021/09/21/covid-cidades-do-parana-com-doses-remanescentes-podem-vacinar-adolescentes-de-12-a-16-anos-diz-beto-preto.ghtml

Na manhã desta terça-feira (21), Ratinho Junior anunciou que estado vai usar reserva técnica para iniciar vacinação contra Covid em adolescentes de 17 anos. Ministério da Saúde não enviou imunizantes para o público desta faixa etária. Paraná anuncia que vai começar a vacinar adolescentes
O secretário estadual da Saúde do Paraná, Beto Preto, disse, nesta terça-feira (21), que os municípios que tiverem doses disponíveis para vacinação de adolescentes entre 12 e 16 anos podem avançar na imunização das faixas etárias sem comorbidades.
Mais cedo, durante a manhã, o governador Ratinho Junior informou que, além de iniciar a imunização dos adolescentes com comorbidades a partir de quinta-feira (23), o Paraná vai usar a reserva técnica de doses remanescentes para vacinar jovens 17 anos sem comorbidades.
A iniciativa contraria a orientação do Ministério da Saúde, que decidiu não enviar imunizantes para o público de adolescentes sem comorbidades.
CORONAVÍRUS NO PARANÁ: Veja as principais notícias
ACOMPANHE: Média móvel de mortes e casos no estado
VACINAÇÃO NO PARANÁ: Veja perguntas e respostas
MAPA: Veja onde se vacinar em Curitiba, no app Você na RPC
Sem a garantia de mais doses, o governo não tinha anunciado a vacinação de outras faixas etárias. O secretário Beto Preto, no entanto, confirmou que os municípios que tiverem mais doses remanescentes podem avançar na imunização para adolescentes com menos de 17 anos.
"Nós vamos autorizar, vamos acompanhar. E sobrando doses, nós podemos inclusive fazer o remanejamento para outras regionais de saúde. Aqui no Paraná, secretarias estadual e municipais pactuaram isso", afirmou Beto Preto.
Paraná tem cerca de 950 mil adolescentes.
Divulgação/Prefeitura de Toledo
Reserva técnica
Para os adolescentes de 17 anos, o governo estadual prevê que a imunização comece na terça-feira (28).
A reserva técnica, que será usada na imunização dos jovens, corresponde a 5% das doses que chegam em todos os lotes e são separadas, ficando guardadas para suprir necessidades em caso de perdas operacionais de vacina.
Paralelamente, o governo estadual afirma que irá pressionar o Ministério da Saúde para o recebimento de imunizantes destinados especificamente para os adolescentes.
Governador confirma vacinação contra a Covid-19 para adolescentes com comorbidades
Cidades
Atualmente, Maringá já vacina adolescentes sem comorbidades. A imunização de pessoas com 12 a 17 anos iniciou na cidade antes mesmo do anúncio do governo estadual.
As prefeituras de Foz do Iguaçu e Paranavaí também informaram que vão vacinar adolescentes sem comorbidades, mas não têm data para iniciar a imunização porque não têm reserva técnica.
Cascavel e Ponta Grossa informaram que aguardam orientações oficiais da Sesa.
A administração municipal de Guarapuava disse que não definiu se vai vacinar adolescentes. Londrina não informou a decisão.
A Prefeitura de Curitiba disse que não há previsão de vacinar adolescentes sem comorbidades.
Beto Preto questiona suspensão da vacinação contra Covid em adolescentes: 'Não há contraindicação', diz
Curitiba anuncia vacinação de adolescentes com comorbidades, e prefeito cobra ministério: 'Coloque a mão na cabeça'
Segundo estimativas do governo estadual, o Paraná tem cerca de 950 mil adolescentes, sendo que 100 mil deles têm comorbidades.
Cidades pelo Brasil contrariam decisão do Ministério da Saúde
Pelo menos 20 estados e o Distrito Federal mantiveram a campanha mesmo após o recuo do Ministério da Saúde.
Na decisão em que orientou a suspensão da vacinação de adolescentes, o ministério justificou que a Organização Mundial de Saúde (OMS) não recomenda a imunização de crianças e adolescentes.
A informação contudo não é verdade, uma vez que a orientação da OMS é que a vacina seja aplicada em adolescentes quando a cobertura vacinal estiver alta nos grupos prioritários.
No Brasil, a Anvisa liberou o uso da vacina da Pfizer no público desta faixa etária.
VÍDEOS: Mais assistidos do g1 PR
Veja mais notícias do estado em G1 Paraná.

Fonte: https://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2021/09/21/covid-cidades-do-parana-com-doses-remanescentes-podem-vacinar-adolescentes-de-12-a-16-anos-diz-beto-preto.ghtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp