MENU

22/09/2021 às 17h25min - Atualizada em 22/09/2021 às 17h25min

​Homem que morreu em confronto com a PM também é suspeito de assaltos à fazendas

Indivíduo resistiu à abordagem policial em cerco entre São José da Boa Vista e Sengés, foi alvejado com um tiro e morreu no hospital

Folha Extra
Divulgação
Um homem de 37 anos apontado como autor de diversos assaltos na região morreu em confronto com a equipe da Polícia Militar na tarde desta terça-feira (21). De acordo com investigações da Polícia Civil de Arapoti, ele também seria integrante de uma quadrilha que pratica roubo de tratores e assaltos a fazendas.

De acordo com nota divulgada pela Polícia Civil de Arapoti, o suspeito foi identificado, apontado como autor de roubos e assaltos a mão armada registrados nos municípios de Jaguariaíva, Sengés, Arapoti, Calógeras e Wenceslau Braz.

Nesta segunda-feira (20), o indivíduo teria realizado dois assaltos em Arapoti, sendo um dos alvos a loja de conveniências do auto posto Hulk e outro em uma distribuidora de bebidas. Já na manhã desta terça-feira, assaltou a mão armada um mercado situado na Vila Toyoki em Wenceslau Braz.

Após praticar o assalto o suspeito fugiu em direção a São José da Boa Vista e os policiais militares da 2ª Companhia da Polícia Militar de Wenceslau Braz realizaram diligências no encalço do suspeito que acabou sendo cercado em uma estrada que liga os municípios de São José da Boa Vista a Sengés. De acordo com a PM, ele não acatou a ordem de abordagem e reagiu, sendo alvejado pelos policiais. O suspeito chegou a ser socorrido e encaminhado ao hospital, mas não resistiu e veio a óbito.

Ainda de acordo com as investigações da PC de Arapoti, o indivíduo também é suspeito de integrar uma quadrilha que pratica assaltos a fazendas e o roubo de tratores. Conforme as investigações, durante a prática dos crimes ele agia com emprego de violência contra as vítimas que muitas vezes eram mantidas em cárcere privado e sob a mira de revólveres.

A polícia segue investigando o bando a fim de identificar e localizar os demais comparsas que agiam nos assaltos às fazendas junto com o suspeito morto.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp