MENU

24/09/2021 às 10h27min - Atualizada em 24/09/2021 às 10h27min

​19ª Regional de Saúde realiza reunião da Comissão de Intergestores Regionais

Encontrou contou com presença do diretor geral do órgão, Marcelo Nascimento e Silva

Redação
Divulgação
A 19ª Regional de Saúde com sede em Jacarezinho, realizou recentemente a reunião da Comissão de Intergestores Regionais que contou com a participação do diretor geral do órgão, Marcelo Nascimento e Silva. O prefeito de Jacarezinho e presidente do Cisnorpi (Consórcio Intermunicipal de Saúde do Norte Pioneiro), Marcelo Palhares também esteve presente.

O assessor do secretário de Estado da Saúde (Sesa), Beto Preto, Silvio Sanches também esteve presente assim como os secretários municipais de saúde da 19ª Regional de Saúde. O presidente do Cisnorpi anunciou a realização de cirurgias eletivas através do consórcio.

Já o diretor geral da 19ª Regional de Saúde, Marcelo Nascimento e Silva destacou sobre a necessidade dos municípios se atentarem aos indicadores. “A partir do mês de competência financeira de setembro eles já vão impactar nos recursos que o Ministério da Saúde repassa aos municípios. Até então devido a pandemia estava suspensa essa condição”, disse.

Marcelo completou. “O modelo de financiamento implantado nessa gestão do Governo Federal é outro modelo, o Previne Brasil no qual os municípios devem atingir indicadores pra que recebam o valor referente a atenção primária, antes o valor repassado era fixo, agora ele é variável, então é necessário que se tenha atinjam indicadores”, explicou.
 
Segundo Nascimento, atualmente são sete indicadores. “Os municípios precisam atingir esses indicadores. Um deles que é capacitação ponderada que envolve o registro da população, dos usuários do SUS, do cadastro dessas pessoas no município. Cada município deve ter o cadastro de todos, porque você consegue ter uma logística, consegue entender a dinâmica, o contexto, a demografia do município e consegue fazer o que é a saúde pública de forma eficaz”, completou.

“A partir do momento que você tem cadastrada toda sua população é possível ter uma visão ampla do perfil do município. Por exemplo, é possível estratificar os hipertensos, diabéticos, realizando o acompanhamento desses grupos que precisam de atendimento periódico, evitando que adoeça e precise de tratamento hospitalar", finalizou Marcelo Nascimento e Silva.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp