MENU

23/09/2021 às 11h53min - Atualizada em 23/09/2021 às 11h53min

Pinhais: ​No Dia Mundial sem Carro, Secretaria de Segurança e Trânsito destaca o uso de transportes alternativos

O objetivo da data é sugerir às pessoas que experimentem meios de transporte alternativos e mais sustentáveis para se locomover

Prefeitura de Pinhais
Prefeitura de Pinhais
Nesta quarta-feira, dia 22 de setembro, é celebrado o Dia Mundial sem Carro. Comemorada em todo o mundo, o objetivo é estimular uma reflexão sobre o uso excessivo de automóveis. A data sugere que as pessoas experimentem meios de transporte alternativos e mais sustentáveis para se locomover.

Com esse objetivo, a Secretaria Municipal de Segurança e Trânsito (Seset) de Pinhais faz uma reflexão sobre o assunto, mostrando exemplos de servidores que deixaram o carro em casa e utilizaram outros meios de locomoção. Essa é uma proposta para as pessoas repensarem a respeito da mobilidade urbana focada apenas no uso dos veículos e que há opções para se locomoverem em nosso dia a dia.

Um bom exemplo é o do servidor público Antônio Nilson Morgado, da Unidade do Detran de Pinhais, que vem trabalhar de bicicleta. Essa é uma iniciativa que pratica há mais de 10 anos. Morador do bairro Vargem Grande, Antônio diz que faz o trajeto casa – trabalho em 25 minutos e que vê dois benefícios nesta ação, além de incentivar o uso do bike. “Em minha opinião vejo como vantagens as questões da saúde e econômica. Pedalar é muito bom para minha saúde, pois tenho 64 anos e melhorou minha disposição, não tenho do que reclamar e nem sinto dores. Além da economia financeira, pois no mínimo são uns R$200,00 no mês. O uso do transporte alternativo é uma iniciativa boa, pois contribui para evitar acidentes de trânsito e diminui o fluxo de veículos nas vias públicas. Sem dúvida, essa é uma ideia que precisamos incentivar cada vez mais”, destacou Antônio.

Nesta quarta-feira (22), para aderir à ação, o servidor da Secretaria de Segurança e Trânsito, Mario Barbosa da Silva, que diariamente vem de carro para trabalhar, optou pelo transporte público, e veio de ônibus, uma ação que o já fez repensar no seu cotidiano. “Sai um pouco mais cedo de casa que o horário normal, mas o ônibus foi rápido e cheguei antes até. Essa ação de hoje já me fez pensar diferente sobre esse assunto, pois assim que a obra da Av. Maringá for finalizada, posso vir de bicicleta pela ciclovia. Esse pode ser um propósito meu, vir algumas vezes na semana, ainda mais agora com o verão chegando. Quem sabe usar o ônibus ou caminhar um pouco são opções para deixar o carro em casa. Evidente que um veículo facilita a nossa vida, seja para ir buscar as crianças na escola, ir ao supermercado, mas claro, não é nada insubstituível. Percebo que é uma situação que temos que refletir, pois impacta o meio ambiente, a qualidade de vida, é um tema que merece bastante atenção, principalmente para os mais jovens, pois estaremos cuidando do nosso futuro”, afirmou.

A bicicleta, a caminhada, o patinete e o ônibus são exemplos de transportes alternativos e todos são meios de se chegar a um destino sem a utilização do carro. A grande aposta do futuro é que cada vez mais pessoas optem por essas alternativas em detrimento dos automóveis.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp