MENU

23/09/2021 às 11h55min - Atualizada em 23/09/2021 às 11h55min

​Vale-Mercado realiza agendamento on-line para repescagem

Prefeitura de Ponta Grossa
Prefeitura de Ponta Grossa
A Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SMAPA) disponibilizará mais 3 mil Vales-Mercado oriundos de cadastros reprovados e de munícipes que tiveram o cadastro aprovado, mas que não utilizaram o benefício nas quatro etapas. O agendamento on-line acontece nesta sexta-feira (24), a partir das 16 horas, no site da Prefeitura. O cadastramento presencial para quem realizou o agendamento acontece a partir do próxima terça-feira (28).

O secretário de Agricultura, Bruno Costa, conta que aproximadamente 15% do público alvo do Programa não compareceu ou teve o cadastro reprovado por não atingir os critérios estabelecidos. “Em virtude disso vamos realizar esta repescagem, considerando que já contávamos com o orçamento destinado para esta finalidade pelo Programa Retoma PG, bem como, pelo fato de termos conhecimento que inúmeras famílias ainda passam por dificuldades pelos efeitos da pandemia e necessitam deste auxílio”, disse. 

Costa salienta que o Programa está cumprindo com o objetivo de garantir a segurança alimentar de milhares de pessoas que ficaram em situação precária devido a pandemia da covid-19. “Após o agendamento on-line, será obrigatória a apresentação presencial do RG, CPF, Carteira de Trabalho, talão de luz, Certidão de Casamento, além da documentação do cônjuge e seus dependentes, incluindo Carteira de Trabalho para dependentes maiores de 18 anos para pessoa física”, explica.

Para os MEIs, é obrigatória a apresentação dos originais da Certificado da Condição do Microempreendedor Individual (C.C.MEI), RG, CPF, talão de luz, além da documentação do cônjuge e seus dependentes, bem como a Carteira de Trabalho para dependentes maiores de 18 anos.

O Vale-Mercado é uma das medidas do Programa Retoma PG, que atua no enfrentamento dos impactos econômicos do novo coronavírus e disponibiliza um crédito de R$ 150,00 para pessoas em situação de insegurança alimentar. Ao todo, serão 3 famílias atendidas nesta etapa de repescagem.

QUEM TEM DIREITO
- Desempregados há mais de 6 meses;
- Grupo familiar e autônomos com renda até R$ 178,00 per capita;
- Ambulantes inscritos no Programa Ambulante Legal;
- MEI sem renda nos últimos 6 meses.
Dúvidas sobre o agendamento on-line e cadastramento podem sanadas pelo Sistema on-line 156 ou pela Ouvidoria do Município.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp