MENU

02/07/2020 às 09h44min - Atualizada em 02/07/2020 às 09h51min

Crescimento do Airbnb impulsiona empresas que fazem gestão de imóveis para locação de temporada

Em 2018 a plataforma sediada no Vale do Silício contabilizou 3,8 milhões de check-ins de hóspedes no Brasil, um aumento de 71% em comparação com 2017

DINO
https://airconcierge.com.br/

O Airbnb foi criado em 2008 e trouxe um novo formato de locação. A plataforma se baseia no aluguel de apartamento e também de casas para curta temporada, tornando-se assim uma concorrente das redes de hotelaria. O site fez com que os hotéis oferecessem preços mais acessíveis e tentassem deixar a experiência mais personalizada para seus hóspedes, com a criação de bares e restaurantes com clima mais “caseiro”, por exemplo.

“Essa é uma disputa boa e saudável em que o hóspede é quem mais ganha”, diz Celso Pinto, sócio-proprietário da Airconcierge Brasil, empresa que cuida da gestão de imóveis de alto padrão para locação de temporada. “As plataformas de locação trouxeram uma opção a mais para quem pensa em fazer uma viagem de curta”, acrescenta.

Para se ter uma ideia, em 2018 a plataforma sediada no Vale do Silício contabilizou 3,8 milhões de check-ins de hóspedes no Brasil, um crescimento de 71% comparando com 2017. Entre as cidades, os destaques foram Salvador e São Paulo, que cresceram, respectivamente, 82% e 73%, segundo o Airbnb.

Os números mostram um maior interesse pelo aluguel de casas e apartamentos, pois estes trazem alguns benefícios. “Acho que a primeira grande vantagem é a privacidade”, destaca Celso. Para ele, “o fato de poder ter um momento a sós com quem a gente ama tem pesado na escolha dos hóspedes. Além do mais, há muitas casas de alto padrão e com piscinas privativas. Acredito que nesse momento de pandemia essa seja uma vantagem ainda maior”, continua.

Ainda de acordo com a pesquisa feita pelo Airbnb, as mulheres são maioria entre os anfitriões brasileiros (53%), e a idade média é de 44 anos. A renda média faturada pelos anfitriões em 2018 foi de R$6.570 de acordo com o relatório. E uma outra pesquisa encomendada pela plataforma concluiu que os anfitriões usam a renda obtida com as locações para fechar as contas do mês.

Para reforçar os cuidados com a higiene, o Airbnb estabeleceu novos protocolos de limpeza. Os novos padrões da startup, lançados em maio, seguem as diretrizes do CDC, incluindo usar máscara e luvas para fazer a limpeza e estabelecer um período de espera de 24 horas entre a saída de um hóspede e a entrada de outro. Os anfitriões que seguirem essas diretrizes receberão destaque no site.

É seguro!

“Fica evidente que viajar ainda é seguro e pode ser até melhor do que ficar em um grande centro”, argumenta o sócio-proprietário. “Quem tem a oportunidade de trabalhar home-office e busca por lugares que oferecem boas opções de lazer e muito conforto pode optar por levar a família a uma casa de campo, por exemplo”, explica.

Imóveis de confiança

Alugar um imóvel não é tão complicado hoje em dia. São inúmeras opções disponíveis em plataformas como Airbnb e AlugueTemporada. "O que muitos não sabem é que estes imóveis podem estar sendo geridos por startups especializadas em locação de temporada", diz Celso. Como é o caso da Airconcierge Brasil.

Atualmente, a Airconcierge Brasil administra mais de 200 imóveis de alto padrão. São casas grandes, com piscina privativa, churrasqueira, ar-condicionado em todos os quartos, enfim, com estrutura completa. “A empresa preza pela segurança dos hóspedes. Por isso a gente acompanha a locação de perto e prepara o imóvel para a chegada dos clientes. Damos dicas de passeios e lugares confiáveis da região. Fazemos as compras de supermercado e preparamos todos os itens de higiene pessoal para que o hóspede tenha a casa abastecida quando chega nela. Estamos à disposição 24h por dia”, explica Celso.

Dados da AllTheRooms Analytics, uma ferramenta de busca de quartos e casas particulares para temporada, mostraram que nos Estados Unidos, as áreas do setor de aluguel de curta temporada que mais cresceram entre meados de fevereiro e o fim de março foram cidades pequenas, como Concan, no Texas; Geyserville, na Califórnia; e Bridgehampton, em Nova York.

“Eu acho que está claro que as pessoas estão buscando casas de campo e também em zona litorâneas”, reforça o sócio-proprietário da Airconcierge Brasil. “Hoje nós temos muitas opções no interior de São Paulo, como em Campos do Jordão, Indaiatuba, Cunha, e também no litoral do Estado, com alternativas em Maresias, Guaecá, Barra do Una”, completa. A empresa também tem forte atuação na Bahia, com muitas casas em Porto Seguro e no Rio de Janeiro, com imóveis em Angra dos Reis.

Sobre a empresa

A Airconcierge Brasil administra mais de 200 imóveis de alto padrão em diversos estados do Brasil. A empresa intermedia a locação de curta temporada, oferecendo serviços exclusivos que facilitam a vida do hóspede e do proprietário.

contato@airconcierge.com.br

(11) 99932-0022

https://airconcierge.com.br/



Website: https://airconcierge.com.br/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp