MENU

14/10/2021 às 20h43min - Atualizada em 15/10/2021 às 00h00min

MP-PR denuncia homem que passou mão em ciclista e motorista suspeito de aproximar carro até a vítima, no Paraná

Suspeitos foram denunciados por importunação sexual e lesão corporal qualificada; eles estão presos, em Palmas, na região sul do Paraná.

G1 - Norte, Nordeste PR
https://g1.globo.com/pr/campos-gerais-sul/noticia/2021/10/14/mp-pr-denuncia-homem-que-passou-mao-em-ciclista-e-motorista-suspeito-de-aproximar-carro-ate-a-vitima-no-parana.ghtml

Suspeitos foram denunciados por importunação sexual e lesão corporal qualificada; eles estão presos, em Palmas, na região sul do Paraná. Mulher cai de bicicleta após ser importunada, no Paraná

O Ministério Público do Paraná (MP-PR), por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Palmas, denunciou o motorista suspeito de aproximar o carro e o homem que passou mão em uma ciclista, em Palmas, na região sul do Paraná. Os dois estão presos.
A decisão, de quarta-feira (13), apontou que os dois suspeitos foram denunciados por importunação sexual - que tem a pena prevista de um a cinco anos de prisão - e lesão corporal qualificada - que prevê pena de um a quatro anos de prisão.
O caso teve como qualificadora a razão do gênero, pelo fato da vítima Andressa Lustosa ser mulher. O processo tramita sob sigilo.
O g1 tenta contato com as defesas dos denunciados.
IMPORTUNAÇÃO SEXUAL: Entenda o que é, veja como denunciar e leia relatos
NAS RUAS: O impacto dos assédios sexuais de motoristas sobre ciclistas mulheres
VÍDEO: 'Quando mais denúncia, acho que isso vai diminuir', diz ciclista
Mulher caiu de bicicleta e ficou ferida após ser importunada, no Paraná
Reprodução
Relembre o caso
Andressa Lustosa foi importunada sexualmente no dia 26 de setembro deste ano. Na ocasião, uma câmera de monitoramento registrou o momento em que ela foi tocada e, na sequência, caiu no chão.
A vítima teve ferimentos nas costas e nas pernas. Após divulgar as imagens nas redes sociais, os envolvidos foram identificados e detidos.
Em entrevista ao Encontro com Fátima, a ciclista disse que percebeu que o acidente aconteceu porque tinha sido tocada pelo suspeito.
"Eu acho que está na hora de alguém tomar uma atitude. A gente não está aguentando mais esse tipo de situação. É humilhante nós mulheres não podermos sair na rua para fazer uma atividade física. Você não pode sair na rua por medo. O que é isso? Em pleno século XXI, é triste. Não é normal isso", disse.
Importunação sexual: Fantástico revela novas imagens de ataque sofrido por ciclista no Paraná
'Muitas mulheres deixam de pedalar por medo de assédio' diz cicloativista
Importunação sexual
A pauta de importunação sexual é antiga, mas o crime foi tipificado apenas no final de 2018, incluindo ainda a divulgação de cena de estupro, de cena de sexo ou de pornografia.
De 2019 até setembro deste ano, no Paraná, foram distribuídos 2.340 processos envolvendo esse tipo de crime, de acordo com o Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR).
Segundo a Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp), o estado registrou 3.914 casos de crimes contra a dignidade sexual, no primeiro semestre de 2021.
Os registros incluem casos de assédio, estupro e importunação sexual.
VÍDEOS: Mais assistidos do g1 PR
Veja mais notícias da região no g1 Oeste e Sudoeste.

Fonte: https://g1.globo.com/pr/campos-gerais-sul/noticia/2021/10/14/mp-pr-denuncia-homem-que-passou-mao-em-ciclista-e-motorista-suspeito-de-aproximar-carro-ate-a-vitima-no-parana.ghtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp