MENU

27/10/2021 às 10h50min - Atualizada em 27/10/2021 às 10h50min

​Prefeitura de Maringá cria Rede para enfrentamento da violência contra mulheres

Assessoria
Assessoria
O vice-prefeito de Maringá, Edson Scabora, lançou na tarde desta terça-feira, 26, a Rede Mulher, projeto de prevenção, enfrentamento e atendimento às mulheres em situação de violência, de acordo com o Decreto 1.644/2021. Participaram a secretária de Política Públicas para Mulheres, Terezinha Pereira; representando a Câmara Municipal, a vereadora Professora Ana Lúcia Rodrigues; a presidente do Conselho da Mulher, Crishna Corrêa; a presidente da OAB, Ana Cláudia Pirajá Bandeira; entre outras autoridades.

A rede de enfrentamento e atendimento à violência contra as mulheres será composta por diferentes setores como Secretaria de Políticas Públicas Para Mulheres, Assistência Social, Segurança Pública, e Saúde. “O projeto tem como objetivo a ampliação, melhoria da qualidade do atendimento, identificação, o encaminhamento adequado das mulheres em situação de violência, integralidade e a humanização do atendimento”, explicou o vice-prefeito, Edson Scabora.

“Por meio da rede vamos integrar todos os serviços públicos que atendem mulheres vítimas de violência para organizarem juntos e criarem um programa eficaz de enfrentamento, sempre com foco no atendimento humanizado. Estamos construindo um legado em Maringá com um projeto que não poderá ser descontinuado futuramente”, destacou Terezinha.

A vereadora Ana Lúcia Rodrigues, disse que Maringá é privilegiada por ter serviços direcionados para atender mulheres em situação de violência. “A rede será responsável por “orquestrar” os serviços e construir uma cidade menos violenta”, comentou.

No final do lançamento houve uma palestra direcionada aos profissionais, governamentais e não-governamentais que vão compor a rede, com o tema “Feminismo e o Combate das Desigualdades na Política Brasileira”. A palestra foi ministrada pela Conselheira de Lafaiete (Minas Gerais), Aparecida Gonçalves.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp