MENU

02/11/2021 às 18h26min - Atualizada em 03/11/2021 às 00h50min

Laboratório móvel do Butantan inicia mapeamento do vírus da Covid em Marília

A partir desta quarta-feira (3), projeto itinerante vai analisar amostras de moradores de 25 cidades da região, 21 delas do centro-oeste paulista. Objetivo é sequenciar o DNA das variantes e acelerar testagem de casos suspeitos.

G1 - Bauru, Marília (SP)
https://g1.globo.com/sp/bauru-marilia/noticia/2021/11/02/laboratorio-movel-do-butantan-inicia-mapeamento-do-virus-da-covid-em-marilia.ghtml

A partir desta quarta-feira (3), projeto itinerante vai analisar amostras de moradores de 25 cidades da região, 21 delas do centro-oeste paulista. Objetivo é sequenciar o DNA das variantes e acelerar testagem de casos suspeitos. Laboratório móvel do Butantan inicia mapeamento do vírus da Covid-19 em Marília
Instituto Butantan/Divulgação
O laboratório móvel do Instituto Butantan criado para percorrer o estado de São Paulo mapeando o vírus da Covid-19 começa a operar nesta quarta-feira (3), em Marília (SP). Esta será a quinta parada do projeto Lab Móvel, que nas duas últimas semanas esteve em Araçatuba e já atingiu o número de 10 mil testes de Covid realizados.
O objetivo do Lab Móvel é mapear e sequenciar o vírus SARS-CoV-2, além de acelerar o processo de testagem dos casos suspeitos de Covid-19 e das variantes que circulam na cidade onde ele se encontra e sua região.
Além de Marília, serão mapeados mais 25 municípios, sendo 20 deles no centro-oeste paulista:
Alvinlândia
Arco Iris
Assis
Bastos
Borá
Cândido Mota
Cruzália
Gália
Garça
Guaimbê
Ibirarema
Maracaí
Oriente
Oscar Bressane
Ourinhos
Paraguaçu Paulista
Pedrinhas Paulista
Pompeia
Salto Grande
Santa Cruz do Rio Pardo
Com as análises realizadas dentro do Lab Móvel é possível obter o resultado em até 24 horas a partir do momento em que as amostras chegam ao contêiner.
Em seguida, inicia-se o sequenciamento genético, processo que pode durar de três a seis dias, ou até 12 dias para as variantes. Fora do contêiner itinerário, todo esse processo pode durar de 10 a 12 dias.
"Nosso objetivo com o projeto é analisar as amostras com mais agilidade e assertividade para entender quais regiões do estado precisam de mais atenção”, afirma Sandra Coccuzzo, diretora do Centro de Desenvolvimento Científico do Butantan.
Interior do veículo equipado com alta tecnologia poderá ser visto por moradores através de uma parte de vidro
Instituto Butantan/Divulgação
Os municípios que recebem o laboratório se responsabilizam por realizar as coletas de amostras em suas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e encaminhá-las ao laboratório itinerante. Lá, por sua vez, os especialistas realizam o diagnóstico e, então, separam as amostras positivas para iniciar o sequenciamento e identificar as variantes.
O sequenciamento é necessário porque os vírus sofrem mutações, ou seja, alterações em seus códigos genéticos, gerando variantes.
Ciência na vitrine
O veículo, equipado com alta tecnologia, possui três sequenciadores genéticos, extrator de DNA, centrífuga, seladora, geladeira e freezer para armazenamento de amostras, entre outros. O investimento total foi de R$ 3 milhões.
Os moradores de Marília poderão acompanhar o trabalho dos pesquisadores de perto. Isso porque a estrutura do veículo, de mais de 12 metros de comprimento e quase 3 metros de altura, conta com uma parte de vidro que permite a observação dos procedimentos realizados pelos cerca de 20 cientistas e funcionários do Butantan que atuam no projeto.
VÍDEOS: assista às reportagens da região
Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília.

Fonte: https://g1.globo.com/sp/bauru-marilia/noticia/2021/11/02/laboratorio-movel-do-butantan-inicia-mapeamento-do-virus-da-covid-em-marilia.ghtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp