MENU

08/11/2021 às 19h02min - Atualizada em 09/11/2021 às 00h50min

Nuvem de areia é registrada em cidades do centro-oeste paulista durante tempestade; vídeo

Fortes ventos provocaram o fenômeno em cidades como Santa Cruz do Rio Pardo, Bauru, Marília, Garça, Duartina, Salto Grande e Paulistânia. Em algumas delas, como Ourinhos, ventos trouxeram pancadas de chuva.

G1 - Bauru, Marília (SP)
https://g1.globo.com/sp/bauru-marilia/noticia/2021/11/08/nuvem-de-areia-e-registrada-em-cidades-do-centro-oeste-paulista-durante-tempestade.ghtml

Fortes ventos provocaram o fenômeno em cidades como Santa Cruz do Rio Pardo, Bauru, Marília, Garça, Duartina, Salto Grande e Paulistânia. Em algumas delas, como Ourinhos, ventos trouxeram pancadas de chuva. Em Paulistânia, horizonte foi encoberto por uma densa nuvem de terra
Alexandra Kesan/Arquivo pessoal
Uma densa nuvem de poeira atingiu várias cidades do centro-oeste paulista na tarde desta segunda-feira (8). Registros de tempestade de areia, em alguns locais acompanhada de pancadas rápidas de chuva, foram feitos em Santa Cruz do Rio Pardo, Bauru, Marília, Ourinhos, Garça, Duartina, Salto Grande e Paulistânia, entre outras.
Em Ourinhos, a chuva durou cerca de 15 minutos, por volta das 15h30, mas assustou moradores, principalmente da região do Recanto dos Pássaros.
Tempestade levanta nuvem de areia em várias cidades do centro-oeste paulista
Em Santa Cruz do Rio Pardo, a nuvem de poeira atingiu quem passava pela Rodovia João Baptista Cabral Rennó (SP-225).
Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram
Motoristas que trafegavam pela SP-225, em Santa Cruz do Rio Pardo, foram surpreendidos com a tempestade de areia
Arquivo pessoal
Tempestade e região seca
Segundo o meteorologista José Carlos Figueiredo, do Instituto de Pesquisas Meteorológicas (IPMet), da Unesp de Bauru, o fenômeno é explicado pela passagem nas proximidades da região de uma tempestade acompanhada de fortes ventos, associada às queimadas recentes que deixaram a região muito seca.
LEIA MAIS:
Nuvem de poeira: veja causas do fenômeno no interior de SP em outubro (veja no vídeo mais abaixo)
Além da nuvem de areia, Ourinhos também registrou pancada de chuva, com 15 minutos de duração
Laperuta/Passando a Régua/Divulgação
Em Bauru, também foi registrada uma nuvem vermelha de poeira que encobriu o horizonte. Segundo Figueiredo, por volta das 17h os instrumentos do IPMet instalados na cidade registravam ventos com velocidade de 49km/h. Segundo ele, esses mesmos ventos podem ter atingido cerca de 60 km/h na região de Santa Cruz do Rio Pardo.
De acordo com o IPMet, a tempestade seguiu seu curso em direção ao Oceano Atlântico e, por volta de 17h, se aproximou de Botucatu, seguindo depois para as regiões de Sorocaba e Piracicaba.
Abaixo vídeo da nuvem de poeira em outubro no interior de SP
Fantástico explica causas da nuvem de poeira que assustou cidades no interior de SP
VÍDEOS: assista às reportagens da região

Fonte: https://g1.globo.com/sp/bauru-marilia/noticia/2021/11/08/nuvem-de-areia-e-registrada-em-cidades-do-centro-oeste-paulista-durante-tempestade.ghtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp