MENU

10/11/2021 às 12h08min - Atualizada em 10/11/2021 às 12h08min

​Tempestade que atingiu Taquarituba e Itaí teve ventos de 65 km/h

Em Itaí, telhado caiu sobre uma mulher e três filhas; elas não precisaram ir ao hospital. Equipes da Defesa Civil e Corpo de Bombeiros trabalham para limpar os locais atingidos

G1 e Portal014
Divulgação
A tempestade que atingiu os municípios de Taquarituba e Itaí e deixou um rastro de destruição na tarde desta segunda-feira (8) foi causada por uma linha de instabilidade, que alcançou a região central e sul do Estado de São Paulo, segundo o Instituto de Climatempo.

De acordo com a meteorologista Fabiane Casamento em entrevista ao G1, as rajadas de vento ultrapassaram os 65 km/h. Os municípios registraram entre 50 mm e 100 mm de chuva, completou.

No caso de Taquarituba, a tempestade causou a queda de 15 árvores e o destelhamento de diversas residências, inclusive, da unidade Casa da Criança, localizada no centro da cidade. A chuva forte também causou o tombamento de um caminhão carregado de laranjas na Rodovia Eduardo Saigh.

Por conta dos danos, a Defesa Civil acionou equipes para realizarem os reparos e a remoção das árvores que caíram.

Itaí
A tempestade também causou uma série de estragos em Itaí. Segundo o Corpo de Bombeiros, uma moradora e as três crianças ficaram presas dentro de casa depois que o telhado caiu em cima delas durante a chuva, na zona rural da cidade.

Equipes do Samu e dos bombeiros resgataram as vítimas, mas as crianças tiveram apenas ferimentos leves e não precisaram ser levadas ao hospital. Já a mãe não ficou ferida, segundo os bombeiros.

A corporação informou que a família vai ficar provisoriamente na casa de vizinhos, no bairro dos Leandros, até que a casa seja coberta.

Ainda em Itaí, uma árvore de grande porte caiu na horta de um asilo e no pátio de uma escola, mas também não houve feridos.

Por causa dos estragos, a prefeitura de Itaí pede que os moradores afetados pela forte chuva procurem uma unidade dos Centros de Referência de Assistência Social para receberem ajuda. É preciso levar documentos pessoais e passar por uma avaliação social para fazer o cadastro.

O CRAS Valdir Viana fica no Conjunto Habitacional Dr Luiz Antônio Paschoal. Já o do centro é destinado aos moradores da zona rural e fica ao lado do posto de saúde da farmácia central.

A Secretaria de Bem-Estar Social de Itaí também pediu aos moradores para colaborarem com doações às famílias atingidas. O Fundo Social fica na Rua João Pedro Ferreira, 1.063, Jardim Brasil.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp