MENU

10/11/2021 às 12h27min - Atualizada em 10/11/2021 às 12h27min

​Homem é condenado a mais de 21 anos de prisão por homicídio qualificado em Jacarezinho

Condenação foi pelo Tribunal do Júri em crime cometido em 2001

Assessoria MPPR
Imagem ilustrativa / Google imagens
O Tribunal do Júri de Jacarezinho, no Norte Pioneiro do estado, condenou a 21 anos e 4 meses de reclusão um homem denunciado pelo Ministério Público do Paraná por homicídio ocorrido em 18 de agosto de 2001. O processo ficou suspenso por muitos anos, pois o réu foi citado por edital e não tinha sido encontrado. Tempos depois, com a localização do acusado, o processo voltou a correr, e o julgamento foi realizado nesta segunda-feira, 9 de novembro.

Conforme a denúncia, a vítima era amiga do réu, morando no mesmo imóvel, e tinha contraído dívidas relacionadas ao fornecimento de drogas. Por não receber os valores devidos, o acusado, com um cúmplice não identificado, convidaram dissimuladamente a vítima para uma pescaria em local afastado, onde o crime foi cometido, com golpes de faca e disparos de arma de fogo.

Embora o crime tenha acontecido há duas décadas, as testemunhas ouvidas durante a sessão de julgamento conseguiram lembrar dados importantes do crime, o que, junto com a exposição de documentos, levou os jurados a condenarem o réu por homicídio duplamente qualificado por motivo torpe e uso de recurso que impossibilitou a defesa da vítima.

O réu estava solto, mas o juiz decretou sua prisão preventiva após o julgamento, para início imediato do cumprimento da pena, de modo que o condenado não poderá recorrer em liberdade.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp