MENU

11/11/2021 às 11h48min - Atualizada em 11/11/2021 às 11h48min

​General Mills abrirá banco de currículos durante Mostra Afro-brasileira da UENP

Banco de currículos será direcionado à contratação de pessoas negras que tenham interesse em trabalhar na multinacional General Mills

Assessoria
Assessoria
A companhia de alimentos General Mills, com plantas nas cidades de Cambará e Paranavaí, abrirá banco de currículos para contratação de pessoas negras que tenham interesse em trabalhar na multinacional. A empresa dará início a ação na abertura da sétima edição da Mostra de Arte e Cultura Afro-brasileira da UENP (Universidade Estadual do Norte do Paraná), que será realizada nesta quinta-feira, 11 de novembro, a partir das 19h30. 

Integrante do Movimento Pela Equidade Racial (Mover), coalizão que reúne dezenas de empresas para promoção de iniciativas que combatam o racismo no Brasil, a General Mills é patrocinadora da Mostra de Arte da UENP que, nesta edição, intersecciona os temas “Raça, Arte, Cultura e Trabalho”. O evento será realizado entre os dias 11 e 30 de novembro e, durante a programação artístico-cultural, transmitida pelo Facebook e Youtube da UENP, será disponibilizado um QR Code que irá direcionar a uma página por meio da qual a população negra das regiões norte e noroeste do Paraná poderá encaminhar seus currículos.

Segundo uma das líderes de Recursos Humanos da General Mills, Mariane Dias, o evento se constitui uma ótima oportunidade e estratégia para alcançar os objetivos pressupostos nas políticas de ações afirmativas da indústria.

"Estamos atuando por meio do nosso propósito de ser uma força para o bem, e o tema da equidade racial é um pilar global prioritário para a General Mills. Para que haja mudança é preciso movimento e, com o propósito de influenciar a formação e nos conectar aos talentos negros, essa parceria com a UENP fortalece o compromisso que firmamos através do Programa Mover. Desta forma, temos a certeza de que a mudança do futuro começa agora e, para chegar lá, essa parceria irá contribuir para nossos próximos passos rumo a essa transformação. Estamos em movimento, estamos construindo a mudança", disse Mariane Dias.

“Nós enquanto empregadores temos um papel fundamental na Diversidade e inclusão.  Estamos em uma jornada e nosso banco de talentos é mais um passo, um avanço que nos ajudará nos processos seletivos, tornando-os cada vez mais inclusivos”, acentua Maria Brito, líder de RH da planta de Paranavaí da General Mills.

MOVER

Segundo o site somosmover.org - da qual a General Mills é signatária - o Programa Mover objetiva ser uma ferramenta de combate ao racismo, com intuito de contribuir com a redução das desigualdades socio raciais no Brasil. A proposta consiste ainda no encontro de diversas empresas que fazem parte da vida dos brasileiros e que obtiveram o entendimento da necessidade de contribuir com a pauta racial.

Por meio de ações afirmativas que visem impactar no futuro, por meio de políticas a serem executadas no tempo presente, o movimento objetiva ainda criar oportunidades para o surgimento de lideranças negras e mais geração de renda e empregos. 

Mostra de Arte e Cultura a Afro-brasileira

Criada em 2015 pela Diretoria de Cultura da UENP, a Mostra Afro, que até então circunscrevia dentro dos espaços acadêmicos, ganhou, nos últimos anos, projeção regional, alcançando mais 20 municípios as regiões Norte e Noroeste do Paraná e Sul do Estado de São Paulo. Segundo o diretor de Cultura da UENP, professor James Rios, o objetivo consiste em ser um espaço-momento de reflexão sobre as relações étnico-raciais na comunidade. 

“A Mostra Afro foi criada com esse intuito de ser um espaço permanente de debate sobre as questões raciais, sempre mediado pelas diversas e múltiplas perspectivas culturais e artísticas. Com a projeção que o evento tem tomado ano após ano, temos tido êxito na comunicação das nossas pautas. Hoje, com o apoio primordial da General Mills, tenho a certeza de que a mensagem alcançará muito mais pessoas, que passarão, certamente, a refletir mais sobre as relações que há entre as questões raciais e o mundo do trabalho. Estamos construindo, conjuntamente, uma ferramenta sólida que visa dirimir desigualdades”, destaca o diretor.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp