MENU

12/11/2021 às 15h16min - Atualizada em 14/11/2021 às 01h20min

Serviços em português unem comunidade brasileira no exterior

Segundo o Itamaraty, são mais de 4,2 milhões de cidadãos vivendo fora do Brasil; no Reino Unido, brasileiros oferecem serviços de modo bilíngue, visando atender recém-chegados

DINO
https://universalmct.co.uk/

A cada ano, cresce o número de brasileiros que deixam o país em busca de uma nova vida no exterior. É o que demonstram os dados do Ministério das Relações Exteriores, que revelam que já são mais de 4,2 milhões de cidadãos fora do Brasil, um aumento de 16% em comparação aos dados anteriores, de 2018, e de 36% nos últimos dez anos.

Destes, mais de 130 mil não retornaram ao país no primeiro semestre de 2021, conforme balanço da Polícia Federal. O cálculo mostra que os cinco países com mais brasileiros, são, respectivamente, os Estados Unidos (1,7 milhão), Portugal (276 mil), Paraguai (240 mil), Reino Unido (220 mil) e Japão (211 mil) - números oficiais, que consideram apenas as pessoas que migram em situação legal.

Para muitos, a mudança de país pode ser desafiadora. No Reino Unido, por exemplo, brasileiros já estabelecidos oferecem serviços de modo bilíngue, visando atender recém-chegados que ainda não dominam o idioma local. 

Disraeli Machado, diretor da Universal Motorcycle Training, empresa que oferece treinamento básico obrigatório para a habilitação de motociclistas, afirma que, mais do que um serviço de formação de condutores de moto, iniciativas como a da Universal visam oferecer uma rede de apoio mútuo entre brasileiros, especialmente em tempos de pandemia e Brexit (como é chamada a saída do Reino Unido da União Europeia, que ocorreu em 31 de janeiro de 2020). 

“A rede de solidariedade formada por brasileiros em Londres é fundamental para ajudar quem acaba de chegar ao país. Além disso, oferecer um serviço em português é uma forma de estender a mão a um imigrante brasileiro que ainda tenta se estabelecer longe de casa”, explica.

Curso de habilitação para motociclistas une brasileiros no Reino Unido

Brasileiro, Disraeli começou como motoboy em Londres e se tornou empresário com quatro escolas credenciadas pelo governo britânico. Em seu ponto de vista, “oferecer algo na língua nativa do imigrante, principalmente uma modalidade que requer alto nível de entendimento e absorção cognitiva, como os serviços de educação, torna-se essencial quando o novo idioma ainda não é bem articulado”.

Ainda de acordo com o diretor da Universal Motorcycle Training, elementos como o Brexit e a pandemia de Covid-19 resultaram em grande impacto na relação dos ingleses com os imigrantes. “Já notamos o declínio no números de membros da comunidade brasileira no Reino Unido, com o intuito de residir, o que deverá aumentar ainda mais nos próximos meses e anos”.

O empresário explica que o fenômeno se deve ao fato de que a maioria dos brasileiros que migravam legalmente para o Reino Unido, até então, o faziam por meio de uma segunda cidadania europeia. Segundo o Eurostat (Gabinete de Estatísticas da União Europeia), em quinze anos - entre 2002 e 2017 -, cerca de 170 mil brasileiros conquistaram a cidadania de países europeus e o direito à livre circulação no bloco, incluindo o Reino Unido.

“Tínhamos um grande número de brasileiros que vinham para a Inglaterra com uma cidadania italiana, portuguesa ou alemã, entre outras, devido à ascendência, tanto direta como por meio de um cônjuge. Agora, esta rota não existe mais, pois cidadãos da comunidade europeia e demais não europeus passaram a ser tratados da mesma forma, no quesito imigratório”, complementa. 

Apesar desses elementos, segundo o profissional, a comunidade brasileira no Reino Unido está em plena solidificação. “Neste contexto, cursos em língua portuguesa unem os brasileiros e modalidades como a formação de motociclistas estão em constante crescimento, com escolas que atuam de forma trilíngue, em idiomas como português, espanhol e inglês”.

Para mais informações, basta acessar: https://universalmct.co.uk/



Website: https://universalmct.co.uk/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp