MENU

15/11/2021 às 15h53min - Atualizada em 16/11/2021 às 00h00min

Estiagem deixa Rio Pardo em nível crítico e põe em risco abastecimento de água em Ourinhos

Rio que abastece mais de 90% da população da cidade chegou neste fim de semana ao nível de 1,07 metro, o mais baixo deste ano; se chegar a 1 metro, captação será interrompida e há possibilidade de racionamento.

G1 - Bauru, Marília (SP)
https://g1.globo.com/sp/bauru-marilia/noticia/2021/11/15/estiagem-deixa-rio-pardo-em-nivel-critico-e-poe-em-risco-abastecimento-de-agua-em-ourinhos.ghtml

Rio que abastece mais de 90% da população da cidade chegou neste fim de semana ao nível de 1,07 metro, o mais baixo deste ano; se chegar a 1 metro, captação será interrompida e há possibilidade de racionamento. Pedras que estavam submersas já começam a aparecer no Rio Pardo; nível crítico pode provocar racionamento em Ourinhos
Tv Tem/Reprodução
A Prefeitura de Ourinhos (SP) já trabalha com o risco iminente de um racionamento de água após o Rio Pardo, o principal manancial da cidade, que abastece mais de 90% da população, ter atingido no último fim de semana seu nível mais baixo neste ano.
Segundo a Superintendência de Água e Esgoto (SAE), a régua na estação de tratamento chegou a 1,07m no fim de semana, longe do nível considerado ideal, de 2,20m, mas muito próximo do limite necessário para captação, que é de 1 metro. Nesta segunda-feira (15), o nível subiu um centímetro e a régua marcava 1,08m.
A SAE explica que, se o nível do Rio Pardo atingir o limite de 1 metro, a captação precisará ser interrompida para evitar danos aos equipamentos e a possibilidade do racionamento será avaliada pela autarquia.
Rio Pardo registra o nível mais baixo do ano e abastecimento de Ourinhos está em risco
De acordo com a SAE, os níveis do Rio Pardo chegaram a ganhar um respiro em setembro e outubro, mas a estiagem que atinge a região voltou a derrubar os níveis do manancial.
Além da falta de chuvas, o aumento do calor tem provocado um aumento no consumo, o que também contribui para a crise do abastecimento.
Decreto pune desperdício
Segundo a prefeitura, esse aumento no consumo de água vem sendo registrado apesar de ainda estar em vigor o decreto editado em agosto prevendo multas para desperdício de água. Desde então, cerca de 300 consumidores já foram notificados pelo uso abusivo de água.
Dentre as situações vetadas pelo decreto estão afazeres domésticos considerados corriqueiros. Veja abaixo:
Abastecimento de piscina
Utilização de lava-jato doméstico
Lavagem de veículos
Lavagem de fachadas, calçadas, muros, vidraças, pisos e telhados
Rega abusiva de plantas e canteiros
O decreto prevê que o morador flagrado em ação de desperdício primeiramente será notificado pela fiscalização e que a multa será aplicada em casos de reincidência em valor que varia de R$ 1.051,80 a R$ 2.103,60.
As denúncias sobre desperdício de água em ourinhos devem ser feitas pelo telefone/WhatsApp da SAE (14-3302-1000), via e-mail (atendimento@saeourinhos.com.br) ou presencialmente na sede da autarquia (Avenida Altino Arantes, 369, centro).
VÍDEOS: assista às reportagens da região
Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília.

Fonte: https://g1.globo.com/sp/bauru-marilia/noticia/2021/11/15/estiagem-deixa-rio-pardo-em-nivel-critico-e-poe-em-risco-abastecimento-de-agua-em-ourinhos.ghtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp