MENU

20/11/2021 às 22h31min - Atualizada em 21/11/2021 às 00h50min

Projetos sociais viram importantes redes de apoio durante a pandemia

Creche comunitária, cursos profissionalizantes e empregos temporários fazem parte de um movimento de solidariedade nos últimos tempos.

G1
https://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2021/11/20/projetos-sociais-viram-importantes-redes-de-apoio-durante-a-pandemia.ghtml
Creche comunitária, cursos profissionalizantes e empregos temporários fazem parte de um movimento de solidariedade nos últimos tempos. Solidariedade na pandemia transforma projetos sociais em redes de apoio
A solidariedade também aumentou muito nos últimos tempos, e gerou projetos sociais que se transformaram em importantes redes de apoio.
O sonho de uma comunidade começa a ganhar forma em um galpão na periferia de Salvador. A meta é construir no local um centro de formação para adultos e crianças.
. Empresas se unem para realizar projetos sociais e ajudar famílias na pandemia em MT
O primeiro passo do projeto foi a creche comunitária, há 10 anos. Durante a pandemia, a ajuda se ampliou, e mais 200 mulheres puderam garantir renda extra com cursos profissionalizantes.
“Desenvolver um centro desenvolvimento humano para famílias que vivem uma realidade de vulnerabilidade social. É um ecossistema de transformação da favela para a favela”, disse Eduardo Neto, diretor da ONG.
. Na pandemia, projetos sociais levam material escolar, cestas básicas e computadores para alunos
O novo centro vai ter cursos profissionalizantes, aulas de informática, música e reforço escolar. Dinheiro e equipamentos são doados pela comunidade e pelos “padrinhos”, como dona Almira Reis, de 81 anos.
“Eu não tenho condição de ajudar muito, mas o pouco que eu dou, eu dou de coração”, disse a aposentada.
Unir forças é, também, o motor de um projeto da Central Única das Favelas. Nele, mães compartilham com outras mães da comunidade algo muito valioso: o conhecimento.
As professoras são voluntárias que se dispõem a ajudar moradoras do próprio bairro a empreender e a melhorar a renda. É um esforço coletivo que já está mudando a vida de mulheres de seis bairros de Salvador e de duas cidades do interior da Bahia.
. Projetos sociais ajudam a combater a fome durante a pandemia
As primeiras turmas dos cursos de culinária e artesanato estão formando 200 mulheres, e Fernanda Sales é uma delas. Ela diz o quanto espera ganhar, depois de formada, ao vender salgados no bairro onde mora.
“Se eu sair para vender, eu creio que uns R$ 500. Vai ajudar bastante minha família”, disse a aluna.
Conseguir emprego não está fácil, mas o ajudante de padeiro Wilton Santos conseguiu. E num lugar onde a solidariedade é o centro do negócio. Ele é um dos 60 contratados temporários da panificação das Obras Sociais Irmã Dulce. O sonho é ficar em definitivo.
“Vou dar o meu melhor e continuar fazendo o meu trabalho, que, graças a Deus, está agradando aos meus superiores”, falou Wilson.
Toda a renda da panificadora é revertida para o Centro Educacional Santo Antônio, que atende 750 jovens e crianças em situação de vulnerabilidade social. Os estudantes têm escola, além de atividades esportivas e atendimento psicossocial para toda família.
“A única palavra que define isso é gratidão. Sou muito grata por tudo que fazem por nós. É muito bom. Eu amo essa escola”, falou a estudante Iasmin Pereira.

Fonte: https://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2021/11/20/projetos-sociais-viram-importantes-redes-de-apoio-durante-a-pandemia.ghtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp