29/11/2021 às 14h37min - Atualizada em 29/11/2021 às 14h37min

​Polícia indicia jovem acusado de matar namorada grávida no Norte Pioneiro

Bonde
Divulgação
A Polícia Civil de Bandeirantes (85 km de Londrina) finalizou o inquérito que investiga a morte de Larin Rodrigues, 22 anos, que teria sido assassinada pelo próprio namorado, Fernando Amaro de Oliveira, 24. O jovem foi indiciado por homicídio triplamente qualificado e continua preso em Londrina. Em entrevista à FOLHA, o advogado dele, Odair Buzato, revelou que não pretende pedir a liberdade provisória por entender que a cadeia é um local mais seguro para o seu cliente. 

Segundo o delegado de Bandeirantes, Michel Araújo, outras pessoas podem ter ajudado Fernando a matar Larin. O acusado negou envolvimento no caso durante depoimento à polícia. "Não temos dúvida da participação dele", disse. Laudos feitos no Instituto Médico Legal de Jacarezinho confirmaram que a jovem levou um tiro na boca de um revólver calibre 32. 

Ela estava grávida de três meses. Até hoje, o feto não foi encontrado. "Não sabemos, pelo menos até o momento, se ele teria sido retirado da vítima". Larin foi encontrada morta em uma estrada rural na noite de 15 de novembro, dois dias depois de desaparecer. O Ministério Público decide agora se denuncia ou não Fernando à Justiça. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp