MENU

01/12/2021 às 16h23min - Atualizada em 01/12/2021 às 16h23min

​Com investimento de R$ 13,6 milhões, Estado vai recuperar estradas rurais de oito municípios

Flórida, Marilena, Paranavaí, São Pedro do Paraná, Serranópolis do Iguaçu, Nova Santa Bárbara, Santo Inácio e São Sebastião da Amoreira foram as localidades beneficiadas, totalizando mais de 28 quilômetros

Agência Estadual de Notícias
Agência Estadual de Notícias
O Governo do Estado vai pavimentar mais 28 quilômetros de estradas rurais de oito cidades do Paraná com a implantação de pedras irregulares ou blocos de concreto sextavado. O investimento é de R$ 13.613.080,53, com contrapartida dos municípios de pouco mais de R$ 1 milhão, totalizando R$ 14.626.565,40. A liberação dos recursos foi autorizada pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior nesta quarta-feira (1º), em evento no Palácio Iguaçu

Flórida, Marilena, Paranavaí, São Pedro do Paraná, todas no Noroeste; Serranópolis do Iguaçu, no Oeste; e Nova Santa Bárbara, Santo Inácio e São Sebastião da Amoreira, no Norte, foram as localidades beneficiadas por esses novos convênios, dando sequência ao programa Estradas Rurais. Até o momento, apenas em 2021, houve a formalização de 175 ações, abrangendo 661,65 quilômetros e investimentos de R$ 210,7 milhões.

“É o maior programa de pavimentação rural da história do Paraná e o maior em andamento no País. Uma ação que visa aumentar a capacidade de escoamento da safra tanto de pequenos agricultores familiares quanto do agronegócio como um todo, fortalecendo a economia paranaense”, afirmou Ratinho Junior.

“Mas esse programa vai além. Impacta no deslocamento dos estudantes para as escolas e ajuda a fomentar o turismo da região, um dos pilares de investimento do Estado”, acrescentou.

Coordenado pela Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab), o programa vai além da distribuição da produção agrícola, influenciando diretamente também no manejo diário das propriedades rurais, que dependem das ligações para a chegada de insumos, sementes e rações.

“São estradas que ligam o município com algum distrito, a cidade com uma rodovia ou um distrito com a sede central do município. Impacta em uma infinidade de gente, seja no sentido econômico, turístico ou mesmo na qualidade de vida”, ressaltou o secretário de Estado da Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara.

Outro ponto, destacou ele, é que o projeto colabora com a preservação dos recursos naturais ao contribuir para a conservação do solo das propriedades. “Estamos falando de uma grande ação que visa tornar o meio rural mais atraente para os negócios, mas dentro da política de desenvolvimento sustentável do Governo do Estado”, disse.

BENEFÍCIOS – O principal convênio, de pouco mais de R$ 4,5 milhões, vai recuperar 5,32 quilômetros da estrada rural do distrito Cristo Rei, em Paranavaí, no Noroeste – a via é uma importante ligação entre a PR-557 e uma região de criação de suínos na cidade.

“A suinocultura está entrando com força no Noroeste do Paraná e nessa localidade será instalada uma indústria com capacidade para gerar mais de 600 empregos diretos. Sem contar que a pavimentação vai melhorar a vocação turística da cidade, facilitando o acesso ao rio Paranapanema”, disse o prefeito da cidade, Carlos Henrique Rossato Gomes, o delegado KIQ.

“Essa obra é um desejo antigo pelos moradores de Santo Inácio, especialmente da Vila Coutinho. Sempre foi prometida e nunca saiu do papel”, afirmou a prefeita do município, Geny Violatto. O investimento na cidade totaliza pouco mais de R$ 731 mil, em 1,1 quilômetro das estradas Vila Coutinho e Matadouro.

“É um programa de extrema importância, que reforça a atuação do Governo do Estado como parceiro dos municípios”, completou a prefeita de São Sebastião da Amoreira, Exilaine Gaspar. Na cidade da Região Norte o investimento foi de R$ 2.184.310,02 na modernização de quatro quilômetros da estrada do Bálsamo.

FINANCIAMENTOS – Parte dos recursos para investimento nas estradas rurais vem do financiamento de R$ 1,6 bilhão com o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal, sacramentado no ano passado pelo Governo do Estado. Do montante, cerca de R$ 126 milhões serão destinados a obras de reestruturação nas vias do campo. Outra fatia é oriunda das taxas do Detran.

PRESENÇAS – Compareceram o secretário de Estado do Desenvolvimento Sustentável e Turismo, Márcio Nunes; o presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, Ademar Traiano; os deputados estaduais Luiz Claudio Romanelli, Soldado Adriano José, Nelson Luersen, Maria Victoria e Tião Medeiros; além de prefeitos e lideranças políticas das cidades beneficiadas.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp