MENU

01/12/2021 às 21h41min - Atualizada em 02/12/2021 às 00h00min

Com chuvas abaixo da média em novembro, nível dos rios do Paraná cai

Previsão do Simepar é que dezembro também tenha chuvas abaixo da média. Até final do versão, estado deve sentir os efeitos do fenômeno La Niña.

G1 - Norte, Nordeste PR
https://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2021/12/01/com-chuvas-abaixo-da-media-em-novembro-nivel-dos-rios-do-parana-cai.ghtml

Previsão do Simepar é que dezembro também tenha chuvas abaixo da média. Até final do versão, estado deve sentir os efeitos do fenômeno La Niña. Nível dos rios e reservatórios de água vem diminuindo no PR
Com registro de chuvas abaixo da média em novembro, os níveis dos rios do Paraná caíram ao longo do mês, de acordo com dados do Simepar e do Instituto Água e Terra (IAT).
Dados do monitoramento hídrico dos rios do estado realizado entre 18 e 25 de novembro apontam que 81 das 87 estações que medem o nível da água na bacia do estado estavam com níveis abaixo da cota média.
No monitoramento feito entre 21 e 28 de outubro, 57 das 87 estações identificaram que o nível da água estava abaixo da cota média.
De acordo com o Simepar, os níveis caíram por causa da falta de chuvas no estado.
Apesar de outubro ter registrado precipitações acima da média histórica em várias cidades do estado, em novembro choveu cerca de 30% abaixo do esperado na região de Curitiba, por exemplo.
De acordo com dados do Inmet, a precipitação acumulada na cidade em novembro foi de 71,2 milímetros, enquanto o esperado era de 113,7 milímetros.
Maioria das estações apontou queda no nível dos rios do Paraná
Reprodução/RPC
Reservatórios
Desde 2019, o Paraná vive uma crise hídrica. O governo estadual decretou situação de emergência no início de 2020, após mais de dez meses de estiagem no estado.
Crise hídrica: Medidas adotadas em Curitiba e região impedem colapso, mas esbarram em obra inacabada e falta de chuvas
Por causa dos baixos níveis dos reservatórios, os moradores da região de Curitiba enfrentam um rodízio no abastecimento de água desde o primeiro semestre de 2020.
Em novembro, depois de um período com mais chuvas em outubro, o rodízio foi abrandado, após os reservatórios chegarem perto de 70% da capacidade total.
A previsão, no entanto, é que o nível nos reservatórios caia com menos chuvas também em dezembro.
"Dezembro já esta prometendo que devemos ficar abaixo da média histórica, com mais períodos sem chuva do que com chuvas. Mais parecido com novembro do que outubro", afirmou o meteorologista Reinaldo Kneib.
O cenário é agravado pelo fenômeno climático La Niña.
"Ela deve ficar até o primeiro semestre de 2022. Nos devemos ter bastante irregularidade nas chuvas. Chove bem, dois, três dias, e depois fica uma semana sem chover", disse.
Obras
Para amenizar a situação, a Sanepar está realizando obras para aproveitar a água de cavas da região de Curitiba. Na primeira fase da intervenção, foi retirada parte da vegetação aquática para que a água possa ser aproveitada.
A água está em uma faixa de 150 km entre Piraquara e Balsa Nova. O objetivo é fazer com que os canais sejam interligados, e a água seja levada até uma estação para ser tratada.
VÍDEOS: Mais assistidos do g1 PR
Veja mais notícias da região em g1 Paraná

Fonte: https://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2021/12/01/com-chuvas-abaixo-da-media-em-novembro-nivel-dos-rios-do-parana-cai.ghtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp