MENU

07/12/2021 às 17h38min - Atualizada em 08/12/2021 às 00h00min

Suspeito de ter sido contratado para matar mulher em Piraquara é encontrado morto, diz polícia

Cassio Soares Ribeiro estava foragido desde o dia do crime, em 1º de dezembro. Conforme investigação da Polícia Civil, a suspeita é de que ele foi contratado por Maicon Rosa para matar a ex-esposa Fernanda Quadros.

G1 - Norte, Nordeste PR
https://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2021/12/07/suspeito-de-ter-sido-contratado-para-matar-mulher-em-piraquara-e-encontrado-morto-diz-policia.ghtml

Cassio Soares Ribeiro estava foragido desde o dia do crime, em 1º de dezembro. Conforme investigação da Polícia Civil, a suspeita é de que ele foi contratado por Maicon Rosa para matar a ex-esposa Fernanda Quadros. Polícia identifica suspeito de matar mulher a tiros em Piraquara
RPC/Reprodução
Um jovem, de 22 anos, suspeito de ter sido contratado para matar uma mulher, em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba, foi encontrado morto a pauladas em Colombo, também na região da capital. A informação foi divulgada pela Polícia Civil do Paraná nesta terça-feira (7).
Cassio Soares Ribeiro estava foragido desde o dia do crime, em 1º de dezembro. Conforme investigação da polícia, a suspeita é de que ele foi contratado por Maicon Rosa para matar a ex-esposa Fernanda Quadros.
A vítima, de 34 anos, foi atingida por seis tiros. Ela trabalhava em uma escola e deixou duas filhas.
Cassio também tinha passagens pela polícia por roubo e era fugitivo do sistema prisional.
Mulher foi morta em frente de casa
RPC Curitiba
A Polícia Civil investiga se Maicon Rosa fugiu do país. De acordo com o superintendente da delegacia de Piraquara, Sérgio Klaar, há a suspeita que o investigado tenha usado documentos falsos para atravessar a fronteira e, por isso, a polícia vai acionar a Interpol para tentar encontrar Maicon.
Durante a investigação, Maicon Rosa, de 36 anos, tornou-se o principal suspeito da morte da ex-companheira, com quem foi casado por 13 anos, após a polícia encontrar áudios que ele mandou ameaçando a vítima. Veja as mensagens mais abaixo.
Maicon Uliana Rosa, de 36 anos, tornou-se o principal suspeito da morte da ex-companheira, com quem foi casado por 13 anos
RPC/Reprodução
O comportamento do ex-marido também levantou suspeitas durante a investigação. Conforme a polícia, ele - que não costumava sair de casa - foi com a filha do casal a um shopping na mesma hora em que Fernanda foi morta.
A defesa do ex-marido informou que ele vai se apresentar à polícia, que não foi antes por "questões alheias" e que o homem quer provar a inocência.
Mensagens
No começo da investigação, a Polícia Civil acreditava que o crime poderia se tratar de um latrocínio - roubo seguido de morte.
Com a identificação das mensagens, no entanto, Maicon passou a ser suspeito de envolvimento no crime.
Em um dos áudios, o ex-marido diz que vai dar "um tiro na cara" de Fernanda. Veja abaixo:
"Eu não vou te perder, já falei. Se for preciso eu dou um tiro na tua cara e depois dou um tiro na minha. Eu não fico com ninguém e nem você fica. Pode ter certeza disso", disse o ex-marido, em mensagem de áudio.
Em outra mensagem, Maicon diz que não aceitaria ver Fernanda com outra pessoa.
"Já te falei, não vai ficar comigo não vai ficar com ninguém, to nem aí. Que se ***, tô nem aí. Não vou, não quero ver você com ninguém, não vou ver você com ninguém, nunca na vida, não aceito isso aí", afirmou o ex, em outra mensagem de áudio.
Maicon Rosa é suspeito de mandar matar a ex-companheira Fernanda Quadros
Reprodução/RPC
Em outro áudio, o ex-companheiro dá a entender que acompanhava o que a vítima postava no Facebook.
"Acabou, acabou, acabou, a pior *** foi você ter mexido nesse Face aí e ter ido para a praia. Pior besteira que você foi fazer na tua vida. Nem trabalhar tô conseguindo de tanta raiva que eu tô, de você ter mexido nesse Face e ter isso nessa *** desta praia", disse.
Segundo a polícia, horas depois do envio dos áudios a mulher foi morta com seis tiros, sendo três na cabeça e três no tórax, quando chegava em casa. Ela teve a bolsa levada após os disparos.
Vídeos mais assistidos do g1 PR:
"
Veja mais notícias do estado no g1 Paraná.

Fonte: https://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2021/12/07/suspeito-de-ter-sido-contratado-para-matar-mulher-em-piraquara-e-encontrado-morto-diz-policia.ghtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp