MENU

22/12/2021 às 20h53min - Atualizada em 23/12/2021 às 00h00min

‘Inflação de Cuba é apenas uma consequência de um regime ditatorial’, analisa Ana Paula Henkel

Comentaristas do programa Os Pingos Nos Is, da Jovem Pan, desta quarta-feira, 22, analisaram os números da inflação do país caribenho

Jovem Pan
https://jovempan.com.br/programas/os-pingos-nos-is/inflacao-de-cuba-e-apenas-uma-consequencia-de-um-regime-ditatorial-analisa-ana-paula-henkel.html

Cuba chegou ao fim de 2021 com a taxa inflação se aproximando de 70%. Os dados foram divulgados pelo ministro cubano da Economia e Planejamento, Alejandro Gil, nesta quarta-feira, 22. As reformas econômicas no país foram apontadas como as principais vilãs, levando a um aumento de até 6900% nos mercados. O ministro também culpou as sanções aplicadas pelos Estados Unidos. Segundo eles, as restrições impostas pelos americanos resultaram em uma série de contêineres retidos em portos internacionais. Cuba vive uma série de protestos internacionais neste ano estimulados pela crise econômica. Em 50 cidades do país, a população saiu às ruas para reclamar da fome e pedir liberdade.

Durante o programa Os Pingos Nos Is, a comentarista Ana Paula Henkel analisou a situação do país da América Central, dizendo que a inflação não é o principal problema da nação, mas sim uma consequência do tipo de regime adotado pela ilha. “Antes a inflação em Cuba fosse o menor problema. A inflação é apenas um sintoma, uma consequência de um regime ditatorial que existe lá. Regime que não tem liberdade, alimentos, emprego, vacinas e nem o capital aberto. Não tem liberdade em várias vertentes”, afirmou Ana Paula.

Confira o programa desta quarta-feira, 22:



Fonte: https://jovempan.com.br/programas/os-pingos-nos-is/inflacao-de-cuba-e-apenas-uma-consequencia-de-um-regime-ditatorial-analisa-ana-paula-henkel.html
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp