MENU

07/01/2022 às 19h56min - Atualizada em 08/01/2022 às 00h00min

Bia Kicis confessa que compartilhou dados de médicos, mas nega vazamento: ‘Mostrei um documento que era público’

Em entrevista ao programa Os Pingos Nos Is, deputada afirmou que obteve os documentos por meio do Ministério da Saúde

Jovem Pan
https://jovempan.com.br/programas/os-pingos-nos-is/bia-kicis-confessa-que-compartilhou-dados-de-medicos-mas-nega-vazamento-mostrei-um-documento-que-era-publico.html

A deputada federal Bia Kicis (PSL-DF), presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, confessou que compartilhou um documento que continha dados pessoais de médicos que participaram da audiência pública sobre vacinação infantil. Uma reportagem publicada pelo jornal O Globo revelou que Kicis compartilhou em um grupo de WhatsApp a declaração de conflito de interesse de três médicos. Os profissionais se manifestaram a favor da vacinação de crianças contra a Covid-19 na audiência. Os documentos continham dados como email, celular e CPF dos médicos, e foram publicados nas redes sociais.

Em entrevista ao programa Os Pingos Nos Is, da Jovem Pan News, a parlamentar se defendeu e disse que não se trata de “vazamento” de informações pessoais. Ela afirma que obteve os termos com o Ministério da Saúde e que uma secretária teria dito que os documentos seriam publicados no site da pasta. Kicis também disse que compartilhou apenas pelo Whatsapp. “Eu não vazei. Não foi me passado em confidência, me foi passado com a orientação que eu poderia ter acesso porque eles iriam publicar no site”, explicou. “De posse dos termos, eu vi que tinham três que realmente tem, ao meu ver, conflito de interesse, porque eles declararam que foram patrocinados por empresas como Pfizer, AstraZeneca, que prestaram serviços como palestrantes, então eu queria esclarecer para o público. Não foi passado para o público que havia possível conflito de interesse”, justificou.

A deputada relatou que, após os documentos serem publicados nas redes sociais, ela teria recebido uma ligação do Ministério da Saúde pedindo que o post fosse excluído. “Postaram nas redes e o pessoal do Ministério ligou dizendo que tinham dados sensíveis. Eu entrei para olhar e tinha nome, celular, email e CPF, dados que de sensível não tem nada”, minimizou. Nesta sexta-feira, 7, o PT informou que vai ao Conselho de Ética contra a parlamentar. “Eu não tenho medo de ir para o Conselho de Ética porque eu sei que eu nunca rompi com o decoro parlamentar”, rebateu Kicis. 

Assista à entrevista completa no programa Os Pingos Nos Is: 



Fonte: https://jovempan.com.br/programas/os-pingos-nos-is/bia-kicis-confessa-que-compartilhou-dados-de-medicos-mas-nega-vazamento-mostrei-um-documento-que-era-publico.html
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se as eleições fossem hoje, em quem você votaria para presidente do Brasil?

76.0%
16.0%
1.3%
0.8%
0.5%
1.9%
0.3%
0.3%
0.3%
0.5%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp