MENU

23/07/2020 às 17h29min - Atualizada em 24/07/2020 às 00h00min

Apostando em inovação, construtora investe em assinaturas 100% digitais de contratos

Com o isolamento social, o uso de tecnologias tem facilitado e tornado mais seguras as negociações tanto para corretores como clientes

DINO
http://mpd.com.br

No início de junho, as equipes jurídica e de incorporações da MPD Engenharia concluíram com sucesso a assinatura da primeira escritura de venda e compra 100% digital. Além de proporcionar uma maior comodidade e segurança aos corretores e clientes no atual momento de isolamento social, a escritura digital ajuda a acelerar a compra e venda definitiva do imóvel. Investir em inovação sempre esteve no DNA da MPD, e o processo de assinaturas digitais que já vinha se desenvolvendo desde o ano passado, tornou-se mais importante com a pandemia da Covid-19, quando a adaptação e uso de tecnologias ficaram ainda mais essenciais para os negócios.

A assinatura da escritura de venda e compra é o primeiro ato para que alguém se torne de fato o dono do imóvel. É mediante o registro da escritura que a propriedade é transferida para o seu nome, além de formalizar todas as condições estabelecidas no momento da compra através da assinatura do instrumento particular.

As vantagens da assinatura digital são inúmeras, começando pela agilidade que o procedimento traz tanto para a incorporadora, como no caso da MDP, quanto para os clientes, uma vez que não se faz necessária tantas idas ao cartório. Em uma assinatura típica, o processo é muito mais lento, já que após a reunião de documentos e elaboração da minuta pelo tabelião, um processo que já demanda diversas idas ao cartório, é solicitado o comparecimento das partes, e após a leitura da escritura, é lavrado o ato e assinado por todos os envolvidos. Após a assinatura, o cartório de notas ainda dá entrada no cartório de registro de imóveis (CRI), que em 15 dias registra a escritura, encaminhando assim a matrícula atualizada do imóvel. Durante todo esse processo, toda a documentação deveria ser impressa e encaminhada presencialmente ao CRI.

Quando se fala em assinatura digital, o procedimento é o mesmo até a elaboração da minuta pelo tabelião. Após isso, não há mais a obrigatoriedade de comparecimento ao cartório para assinatura da escritura, a não ser que o cliente deseje realizá-la fisicamente, o que é chamado de assinatura híbrida (formalizado fisicamente pelo comprador, e digitalmente pelo vendedor). Em uma videoconferência primeiro com os compradores e então com os vendedores, o tabelião lê a minuta, sendo solicitado que em seguida as partes assinem a escritura via certificado digital.

Com essas ações concluídas, o cartório de notas encaminha a escritura para registro no CRI, mas não fisicamente como antes. Agora ele encaminha apenas a gravação da leitura da minuta – feita por videoconferência – e a escritura assinada por meio da plataforma própria desenvolvida exclusivamente para essa finalidade. Os registradores que as recebem são responsáveis por distribuir a escritura para o CRI competente. Com o registro da escritura, o translado e a matrícula são encaminhados via mídia digital ou e-mail. 

Outro ponto importante é a sustentabilidade, pois com todo o procedimento sendo digital, não há a necessidade de impressão de documentos, evitando-se assim, acúmulos e gastos desnecessários de papel. Além disso, há uma maior organização, controle e segurança, já que o procedimento é gravado, assinado por certificado digital e protegido por criptografia.

“Apesar de trabalharmos nisso desde o ano passado, apenas em abril a Corregedoria Geral da Justiça autorizou a realização de ato notarial a distância. Desde então, juntamente com a equipe do TI, nos debruçamos sobre o assunto para que conseguíssemos implementar de forma efetiva esse novo processo”, explica Erika de Lourdes Simões, coordenadora de gestão de contratos e estoques. “Isso propiciou mais agilidade, controle, economia de recursos e produtividade em todas as atividades relacionadas a área de incorporação financeira. Todo trabalho realizado desde o ano passado possibilitou que nos organizássemos em tempo recorde para que fosse possível trabalhar de maneira remota nesse momento de pandemia, o que antes, na era do papel, seria quase impossível”, completa.

A conclusão desse projeto reforça o quanto a MPD está alinhada com a missão de desenvolver soluções contínuas para seus clientes, parceiros e colaboradores, percebendo e entendendo oportunidades importantes no mercado.

Sobre a MPD

A MPD atua há 38 anos na construção de indústrias, hospitais, universidades, galpões de logísticas, shopping centers e na incorporação de apartamentos e escritórios de médio e alto padrão, prezando pela qualidade de acabamento, entrega 100% no prazo e pelo respeito aos seus clientes e colaboradores. Além disso, investe em desenvolvimento tecnológico e boas práticas construtivas, sem deixar de lado as responsabilidades social e ambiental. Para a MPD, seus colaboradores são seu principal pilar, sendo primordiais para que alcance seus objetivos de negócio. Pela constante valorização de sua equipe, a empresa já foi reconhecida duas vezes com o Prêmio Valor Carreira como uma das Melhores Empresas na Gestão de Pessoas, sete vezes como uma das Melhores Empresas para Você Trabalhar da revista Você S.A e está entre as 100 maiores construtoras do país pelo Ranking ITC.

Informações à Imprensa | Máquina Cohn & Wolfe

Marcella Pinheiro – marcella.pinheiro@maquinacohnwolfe.com  – (11) 3147-7466

José Enrico Teixeira – jose.enrico@maquinaconhnwolfe.com – (11) 3147-7383

imprensampd@maquinacohnwolfe.com



Website: http://mpd.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp