10/03/2022 às 10h40min - Atualizada em 10/03/2022 às 10h40min

​SRI do Norte Pioneiro do Paraná vence Prêmio Nacional de Inovação

Governança foi a grande vencedora nacional na categoria ecossistemas de inovação em estágio inicial

Assessoria
Murilo Moser
O Sistema Regional de Inovação (SRI) do Norte Pioneiro do Paraná foi vencedor do Prêmio Nacional de Inovação (PNI) na categoria ecossistemas em estágio inicial. A cerimônia de premiação foi realizada na noite de terça-feira (8) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e Sebrae, em São Paulo. O PNI é a maior premiação de inovação do Brasil e tem o objetivo de incentivar e reconhecer os esforços bem-sucedidos de inovação e gestão da inovação nas empresas e Ecossistemas de Inovação que atuam no país.

Criada em 2016, a governança atua para fomentar a cultura da inovação e estruturar projetos que visam promover o desenvolvimento econômico do norte pioneiro. A presidente do SRI, Angélica Cristina Cordeiro Moreira, que participou da cerimônia de entrega da premiação, diz que o reconhecimento representa a coroação do trabalho realizado há cinco anos, que começou com lideranças de cinco municípios - Andirá, Bandeirantes, Cambará, Jacarezinho e Santo Antônio da Platina – e hoje já conta com a adesão de outros seis - Ribeirão Claro, Joaquim Távora, Siqueira Campos, Wenceslau Braz, Ibaiti e Carlópolis – somando 11 cidades.

“Acreditamos que a inovação é a ferramenta para impulsionar a competitividade dos negócios locais”, afirma. Angélica lembra que, antes da formação da governança, a inovação não era uma pauta do norte pioneiro. A maior parte das prefeituras atuava focada em educação, saúde e estrutura urbana, mas não havia um projeto estruturante para planejar o desenvolvimento econômico e sustentável de toda a região. O trabalho executado pelo SRI é baseado nos pilares empreendedorismo, tecnologia e inovação. “Queremos transformar o norte pioneiro em referência nessas áreas”, completa.

Na avaliação do consultor do Sebrae Paraná, Odemir Capello, instituição que propôs o trabalho da governança, o prêmio vai trazer visibilidade a nível nacional e estadual e deve abrir muitas portas para o norte pioneiro. “Quando apresentamos esse projeto, em 2016, o objetivo era trabalhar pelo desenvolvimento local e regional tendo como principal foco a inovação. Lá atrás, quase não se falava no assunto. Hoje, a inovação faz parte das pautas das prefeituras, empresas e do próprio Sebrae”, afirma.

Atualmente, o norte pioneiro do Paraná tem 12 habitats de inovação em formação. Segundo Capello, são pré-incubadoras e espaços de coworking pensados para materializar o trabalho da inovação realizado na região. Ele comemora o crescimento do SRI ao longo dos últimos anos, com a adesão de mais municípios. “O prêmio deve acelerar esse processo de crescimento e a possibilidade de termos mais pessoas trabalhando conosco. A ideia é estender esse conceito para todos os municípios do norte pioneiro”, projeta.

Premiação

Das 44 instituições finalistas em todo o Brasil, 15 empresas e três ecossistemas de inovação tiveram seus esforços em inovação reconhecidos. O Paraná teve 9 finalistas e venceu em 5 modalidades, com destaque para pequenos negócios, ecossistemas de inovação, médias e grandes empresas, onde representantes do estado obtiveram a primeira colocação.

A empresa Oficina do Sorvete, de Foz do Iguaçu, ficou no topo do pódio na modalidade pequenos negócios, categoria “inovação em sustentabilidade”. Já entre os ecossistemas, além do SRI do Norte Pioneiro, também levou o troféu de primeiro lugar o SRI Iguassu Valley - Sistema Regional de Inovação do Oeste do Paraná, que disputou o prêmio na categoria ecossistemas consolidados. 

Sobre o Sebrae 50+50 

Em 2022, o Sebrae celebra 50 anos de existência, com atividades em torno do tema "Construir o futuro é fazer história". Denominado Projeto Sebrae 50+50, a iniciativa enfatiza os três pilares de atuação da instituição: promover a cultura empreendedora, aprimorar a gestão empresarial e desenvolver um ambiente de negócios saudável e inovador para os pequenos negócios no Brasil. Passado, presente e futuro estão em foco, mostrando a evolução desde a fundação em 1972 até os dias de hoje, com um olhar também para os novos desafios que virão para o empreendedorismo no país.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp