MENU

24/03/2022 às 15h52min - Atualizada em 24/03/2022 às 15h52min

​UENP recebe doação do acervo Celso Rossi com 10 mil fotos históricas de Jacarezinho

Assessoria
Assessoria
A Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) recebeu doação do acervo fotográfico e documental Celso Antônio Rossi, falecido em janeiro deste ano. Cerca de 10 mil fotografias, sete volumes de periódicos, arquivo digital de aproximadamente 4 mil fotos com histórico sobre as imagens, documentos históricos, crônicas, relatos memorialísticos, revistas e livros sobre a história de Jacarezinho constituem o acervo doado para o Centro de Documentação e Pesquisa Histórica (CEDHIS) da UENP.

O advogado Vicente Estanislau Ribeiro, doador do acervo, conta que o encaminhamento realizado à Universidade fora uma vontade do amigo Celso Rossi, que, no final da vida, elaborou, junto à UENP, o documento para doação em que também destacava o desejo de que o acervo permanecesse preservado em Jacarezinho. “A UENP abre suas portas para a comunidade e isso que é muito importante, essa interação entre comunidade e universidade. A UENP está se tornando uma guardiã das coisas que são nossas, preservando essa riqueza da nossa gente, do nosso povo, a nossa cultura. Muito obrigado, em nome da família do doutor Celso Antônio Rossi”, disse.

A reitora da UENP, Fátima Aparecida da Cruz Padoan, agradeceu a Vicente e à família de Celso Rossi pela doação. “Hoje estamos cumprindo um desejo do Celso Rossi, com a preservação de todo um patrimônio que ele foi organizando durante a vida, um acervo que registra uma história tão rica e tão linda”, destacou Fátima. “Você, Vicente, vai poder testemunhar o quanto esse acervo fará a diferença para nossa comunidade. Tenho certeza de que toda essa documentação será muito bem utilizada, gerando muito conhecimento, pesquisa, extensão e cultura para a nossa população”.

O vice-reitor Fabiano Gonçalves Costa reiterou os agradecimentos e partilhou sua felicidade e orgulho por ver a UENP se consolidando como uma Instituição receptiva às demandas culturais da região. “Quero muito agradecer pela confiança. Sei que onde o doutor Celso estiver, estará tranquilo, pois sabe que nós estamos realizando esse trabalho para que possamos preservar esse bem tão precioso e colocá-lo à disposição da comunidade”, acentuou.

O acervo doado à Universidade será destinado para o Centro de Documentação e Pesquisa Histórica da UENP, em Jacarezinho, localizado no Parque Universitário de Ciência, Cultura e Inovação da Instituição, local cedido pelo Tecpar. O diretor de Cultura UENP, James Rios, falou sobre o espaço onde o acervo ficará guardado. “Esse acervo estará muito bem acondicionado. Temos um espaço dentro do Parque da Cultura que terá controle de umidade, temperatura aferida continuamente, residentes técnicos e bolsistas que passaram por treinamentos. Mas mais do que preservado, esse acervo também vai gerar muito conhecimento para a Universidade, muita pesquisa para a comunidade e região”, frisou.

Também participaram do evento a pró-reitora de Graduação, Ana Paula Belomo Castanho Brochado; a pró-reitora de Extensão e Cultura, Simone Castanho Sabaini de Melo; a pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação, Vanderleia da Silva Oliveira; o pró-reitor de Administração e Finanças, José Paulo Guandelini da Silva; o diretor de Extensão, Rui Gonçalves Marques Elias; a assessora técnica de Cultura, Beatriz Cunha; o assessor de Comunicação, Tiago Angelo; e as jornalistas Izabela Scorsin e Giulia Garbelotti do Prado.

Histórico da doação
O assessor de comunicação da UENP, Tiago Angelo, contou sobre o desejo de Celso Rossi de manter preservado o acervo histórico em Jacarezinho. “A destinação desse acervo foi uma das grandes preocupações do doutor Celso Rossi no final de sua vida. Eu o conheci em 2012. Durante todos esses anos até sua morte, ele demonstrou um amor muito grande por Jacarezinho e uma preocupação com o destino do acervo que possuía. Em agosto de 2021, por ocasião das circunstâncias de sua saúde, passamos a elaborar juntos o documento de doação. Tentamos algumas agendas para a assinatura, entretanto, não foi possível. Celso já não estava bem. Mas tenho certeza de que hoje ele está feliz e bastante tranquilo em relação à destinação de seu acervo”, destacou.

Celso Rossi
Celso Antônio Rossi foi um dos professores-fundadores da antiga Faculdade Estadual de Direito do Norte Pioneiro (Fundinopi), em 1967, hoje integrada à UENP, além de diretor, vice-diretor e professor do curso por mais de 30 anos. Foi professor da Faculdade Estadual de Educação Física de Jacarezinho (Faefija), coordenador e professor do curso de Direito da Faculdade Estácio de Sá de Ourinhos, diretor do Colégio Cristo Rei, presidente da Subseção da OAB-Jacarezinho, da qual foi fundador, conselheiro estadual e vice-presidente da OAB do Estado e membro da Comissão de Direitos Humanos da OAB-Paraná.

Doutor Celso também desempenhou outras funções em diversos trabalhos e criou, em 1975, o Escritório Modelo da Faculdade de Direito que desde então presta assistência jurídica gratuita à comunidade. Foi autor de livros, integrou coletâneas, escreveu contos e poesias. Realizou atividades ligadas à imprensa e a cultura em geral, foi editor e diretor de jornais em Jacarezinho, produtor e escritor do programa Crônicas da Cidade de Jacarezinho, levado ao ar diariamente pela Rádio Difusora de Jacarezinho e depois pela Rádio Educadora de Jacarezinho, de 1962 a 1982. Criou, em 2004, o fotoblog “Jacarezinho com amor”, onde reunia fotografias históricas com comentários sobre a cidade.

Vicentinho relembra a vida do amigo e destaca o amor que o advogado tinha por Jacarezinho. “Uma pessoa de saudosa memória, que deixou um legado, um acervo muito grande. Desconheço uma pessoa que gostasse e amasse tanto sua cidade natal quando o doutor Celso. Aqui na cidade ele fundou, participou de muitas coisas que tem a marca registrada de seu nome”.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se as eleições fossem hoje, em quem você votaria para presidente do Brasil?

73.9%
18.0%
1.4%
0.4%
0.7%
1.8%
0.4%
0.4%
0.4%
0.4%
2.5%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp