MENU

01/04/2022 às 22h56min - Atualizada em 02/04/2022 às 00h00min

Retirada de civis de Mariupol, no sul da Ucrânia, fracassa nesta sexta

Cruz Vermelha relata que teve de recuar e não conseguiu ir até a cidade para garantir evacuação

Jovem Pan
https://jovempan.com.br/noticias/mundo/retirada-de-civis-de-mariupol-no-sul-da-ucrania-fracassa-nesta-sexta.html


A cidade ucraniana de Mariupol, que está sitiada pelas tropas russas, teve uma tentativa fracassada de retirada de civis nesta sexta, 1º. Uma equipe da Organização Nã0-Governamental Cruz Vermelha tentou se dirigir ao local com o objetivo de garantir uma saída segura para as pessoas, mas teve que recuar. Em nota oficial divulgada, a entidade explicou que a equipe, composta por três veículos e nove pessoas, voltou para Zaporizhzhia porque “condições impossibilitaram” a continuidade da missão. “Para o sucesso da operação, é fundamental que as partes respeitem os acordos e forneçam garantias de segurança”, afirmou a Cruz Vermelha.

A Rússia havia prometido realizar um cessar-fogo temporário na cidade e abrir um corredor humanitário na quinta, 31. Entretanto, sinais ao longo do dia davam conta de que a promessa não seria cumprida: o governador da região de Donetsk, no Donbass, Pavlo Kirilenko, acusou tropas russas de impedirem que o corredor humanitário fosse operacional. Durante a noite, a Cruz Vermelha confirmou o novo fracasso no cessar-fogo. A organização, agente neutro nos conflitos, teve de deixar Mariupol há duas semanas devido à falta de capacidade operacional e ainda não sabe quando poderá retornar. Na quarta, 30, o próprio prédio da Cruz Vermelha na cidade foi atingido por bombas – ninguém estava no local e os depósitos de medicamentos já haviam sido esvaziados.

Apesar da operação da ONG beneficente ter fracassado, cerca 3 mil pessoas conseguiram sair da cidade nesta sexta, a maioria em veículos particulares, informou o governo ucraniano. No total, 6.266 conseguiram sair de zonas de conflito hoje. Mariupol é considerada importante para a estratégia russa na guerra porque sua conquista permitiria estabelecer um corredor por terra entre a Crimeia, dominada pelos russos, e as regiões de Donetsk e Luhansk, onde separatistas enfrentam tropas do governo ucraniano desde 2014.

Fonte: https://jovempan.com.br/noticias/mundo/retirada-de-civis-de-mariupol-no-sul-da-ucrania-fracassa-nesta-sexta.html

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se as eleições fossem hoje, em quem você votaria para presidente do Brasil?

73.3%
17.9%
1.4%
0.7%
0.7%
2.0%
0.3%
0.3%
0.3%
0.3%
2.7%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp