MENU

28/04/2022 às 22h53min - Atualizada em 29/04/2022 às 00h01min

Ministério da Justiça pede explicações ao McDonald’s sobre McPicanha sem picanha

Através de Secretaria Nacional do Consumidor, pasta solicita informações sobre possível propaganda enganosa em prazo de dez dias

Jovem Pan
https://jovempan.com.br/noticias/brasil/ministerio-da-justica-pede-explicacoes-ao-mcdonalds-sobre-mcpicanha-sem-picanha-com-prazo-de-dez-dias.html


O Ministério da Justiça, através da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), notificou nesta quinta, 28, a rede de restaurantes fast-food McDonald’s para explicar porque o lanche McPicanha é vendido sem o corte de carne que lhe dá o nome. A empresa admitiu a ausência da picanha no hambúrguer publicamente hoje, justificando que o produto tem um molho aromatizado com o sabor. A nova linha com o McPicanha entrou nos cardápios no início de abril. Agora, o McDonald’s terá dez dias para explicar a situação ao órgão. O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) também foi notificado para explicar se estava ciente da possível propaganda falsa – a entidade já abriu um procedimento para analisar a campanha da rede fast-food.

A reação da Senacon não foi a única de órgãos públicos sobre o assunto. O Instituto de Defesa do Consumidor (Procon) de São Paulo também solicitou informações sobre o lanche e a campanha publicitária até o dia 2 de maio, enquanto o Procon-DF determinou que a comercialização do produto seja suspensa em toda a unidade federativa, a partir da denúncia de um consumidor. Em relação à Senacon, o McDonald’s deve esclarecer se o produto tem picanha em sua composição, a porcentagem e se ocorreu alteração no percentual do corte após divulgação da linha de hambúrgueres. Na ausência, sendo o produto apenas “saborizado”, a empresa deve informar os ingredientes envolvidos na composição do hambúrguer e se de alguma forma o consumidor foi informado da falta de picanha. Caso seja comprovada a falta de transparência da empresa com o consumidor, as punições previstas são apreensão, suspensão e proibição do produto, multa ou até mesmo a cassação da licença do estabelecimento.

Fonte: https://jovempan.com.br/noticias/brasil/ministerio-da-justica-pede-explicacoes-ao-mcdonalds-sobre-mcpicanha-sem-picanha-com-prazo-de-dez-dias.html

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se as eleições fossem hoje, em quem você votaria para presidente do Brasil?

75.9%
16.0%
1.3%
0.8%
0.5%
1.9%
0.3%
0.3%
0.3%
0.5%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp