12/05/2022 às 14h31min - Atualizada em 12/05/2022 às 14h31min

Reunião firma acordo de cooperação para projeto de plano de manejo nas unidades de conservação

Parceria entre prefeitura, UENP e empresas

Assessoria
Divulgação
A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente da cidade de Jacarezinho em conjunto com a Assessoria de Gestão das Políticas de Sustentabilidade promoveram hoje uma reunião com empresas da cidade para a promoção do projeto que irão desenvolver em conjunto para o plano de manejo das unidades de conservação da cidade de Jacarezinho:  Parque Ecológico Marciano de Barros (Parque da Experiência), Parque Ecológico João Garbelini (Barragem) e Parque Ecológico Syllas Peixoto  (Mata do Barão).

A Lei n° 9.985/2000 Institui o Sistema Nacional de Unidades de Conversação da Natureza segundo ela, as Unidade de Conservação são  “Espaço territorial e seus recursos ambientais, incluindo as águas jurisdicionais, com características naturais relevantes, legalmente instituído pelo Poder Público, com objetivos de conservação e limites definidos, sob regime especial de administração, ao qual se aplicam garantias adequadas de proteção”; e o Plano de Manejo é o “Documento técnico mediante o qual, com fundamento nos objetivos gerais de uma unidade de conservação, se estabelece o seu zoneamento e as normas que devem presidir o uso da área e o manejo dos recursos naturais, inclusive a implantação das estruturas físicas necessárias à gestão da unidade”.

Segundo Johicy Parra, Engenheira Ambiental responsável pera Assessoria de Gestão das Políticas de Sustentabilidade da UENP o projeto de plano de manejo envolverá diferentes áreas de pesquisa (Qualidade da Água, Qualidade do Solo, Botânica, Zoologia Invertebrados, Zoologia de Vertebrados, Geoprocessamento de Dados Demográficos, Geografia Humana e Educação Ambiental) e de forma multidisciplinar possibilitará conhecer melhor e propor ações futuras para a conservação e ambiental, turístico e social nas três unidades de conservação da cidade.”

"A parceria entre a Universidade, o poder público e o setor privado, é de extrema importância para o desenvolvimento sustentável do nosso município, através deste apoio podemos desenvolver a pesquisa, que trará benefícios futuros aos cidadãos bem como incentiva a conversação da natureza. " Ana Carolina Santos Andrade - Diretora Geral de Meio Ambiente.

Participaram também da reunião os senhores Carlos Alberto Lopes - Secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Leandro A. Lima - Secretário de Indústria, Comércio turismo e serviços, o Prof Dr. André Luis Salvador - Diretor de Planejamento e desenvolvimento Institucional e representantes das empresas Dallon e Usina Maringá. Novos encontros serão realizados para angariar fundos e viabilizar a concretização do projeto até o fim do semestre, a parceria pública – privada é fundamental para incentivar projetos de ambientais.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp