27/06/2022 às 11h39min - Atualizada em 27/06/2022 às 11h39min

Sanepar apresenta obras e inovações ao Ministério do Desenvolvimento Regional

Diretor do Ministério esteve nas Estações de Tratamento de Esgoto em Araucária e Curitiba, que têm financiamento do governo federal. Ele também conheceu ações como o uso de placas fotovoltaicas flutuantes na captação do Passaúna e recuperação energética de biogás

AEN
Divulgação
As obras da Sanepar na Região Metropolitana de Curitiba e os projetos inovadores da companhia foram apresentados no final da semana passada ao diretor de Financiamento de Projetos da Secretaria Nacional de Saneamento do Ministério do Desenvolvimento Regional, Alfredo Assis de Carvalho. Ele ainda visitou duas estações de tratamento de esgoto: a ETE Cachoeira, em Araucária, e a ETE Atuba Sul, em Curitiba. Ambas recebem melhorias e têm financiamento do governo federal, via Caixa Econômica Federal.

Na ETE Cachoeira está sendo finalizado um sistema de pós-tratamento modular, além de desaguamento de lodo e infraestrutura para manutenção. Os investimentos são em torno de R$ 25 milhões e a obra beneficiará diretamente cerca 21 mil habitantes. Na ETE Atuba Sul, a obra é de reforma e ampliação, com um processo inovador de aproveitamento de biogás para geração de energia elétrica e para secagem térmica do lodo de esgoto. Os investimentos são de R$ 26,7 milhões e abrange a secagem de lodo do sistema, que atende uma população em torno de 715 mil pessoas.

“A orientação no governo federal é garantir que as obras sejam concluídas e que os investimentos se convertam em benefícios concretos para os cidadãos. Foi isso que vimos nesses dois empreendimentos finalizados pela Sanepar”, disse Alfredo Carvalho. “Além dos benefícios sociais da expansão da cobertura dos serviços, destacam-se os benefícios ambientais decorrentes da melhoria na qualidade do tratamento e da expressiva redução na geração de lodo”.

INOVAÇÃO – Na sede da Sanepar, em Curitiba, Carvalho participou de reunião com o diretor-presidente da Companhia, Claudio Stabile, e os diretores Leura Conte de Oliveira (Investimentos), Abel Demetrio (Financeiro e de Relações com Investidores) e Sergio Wippel (Operações).

No encontro, o presidente da Sanepar apresentou vários projetos de inovação, como o uso de placas fotovoltaicas flutuantes na captação do Passaúna, recuperação energética de biogás, alternativas sustentáveis para disposição do lodo de esgoto, uso compartilhado de infraestruturas e até semeadura de nuvens para indução de chuvas durante a crise hídrica.

Também foram abordados os programas sociais da Sanepar, como o Água Solidária, e ações ambientais, como o projeto Reserva Hídrica do Futuro.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp