28/06/2022 às 15h33min - Atualizada em 28/06/2022 às 15h33min

​Acumulo de sacos de lixo na garagem da prefeitura de Jacarezinho chama atenção de moradores

Secretario de conservação urbana diz que nos sacos são somente galhos e mato

Redação
Portal JNN
O acumulo de dezenas de sacos pretos e azuis (comumente utilizados para coleta de lixo) nos fundos da garagem de máquinas da prefeitura de Jacarezinho, no centro da cidade, chamou atenção dos moradores das proximidades nos últimos dias. Nesta terça-feira (28) o jornalista Jivago França entrou em contato com o secretário de conservação urbana, Fabiano Possetti e com o prefeito Marcelo Palhares para falar sobre a situação.

Segundo o jornalista que mora perto, o aparecimento de insetos é comum, principalmente quando é mexido com o material acumulado no local. "Já apareceu até escorpião na porta de casa quando eles estão mexendo ali", disse. Baratas são vistas também próximo ao portão dos fundos, assim como gambás que já foram vistos frequentando o local.

Fabiano garantiu ao jornalista que ali não é colocado lixo organico, mas sim sacarias. "Quando varre a rua e corta a grama dos meio fios da avenida a gente trás aqui em uma caminhonete e já coloca em um caminhão para destinar para o aterro. Como a caminhonete que faz, a logística fica ruim de levar uma caminhonete para lá e voltar", disse.

Sobre o aparecimento de insetos e outros animais até mesmo como roedores, ele disse não ter conhecimento. "Eu vou conversar com o diretor aqui para a gente já ir carregando e levando", afirmou. "Eu já vou resolver esse problema aqui. Fazer uma logística melhor e resolve o problema. Imagina toda hora subir uma caminhonete para lá (aterro) e levar, a gente está resolvendo da forma que seja mais rápido, mas está certo, temos que nos precaver com outras coisas", finalizou.

O prefeito Marcelo Palhares ao ser questionado sobre o fato disse que não tinha conhecimento, mas que iria resolver a situação e não concordava que ficasse depositado no local. "São galhos e folhas e fica no máximo de um dia para o outro, é questão de logística que deixa ali e já tira e não é lixo que gera questão para ratos", disse após se inteirar do assunto com os funcionários.

Pouco depois da conversa com o secretário e o prefeito, equipes da prefeitura começaram a se movimentar no local, mas até quando nossa equipe acompanhou não foi retirado os sacos do local, mas sim chegou uma caminhonete lotada com outros sacos, aparentemente de grama e folhas.

Outro morador das proximidades, que não quis se identificar, questionou os carros, máquinas e ônibus velhos que estão encostados no local, próximo aos sacos. "Foi comunicado pela prefeitura lá no começo do mandato que seria leiloado isso ai, mas até agora nada e fica ai só apodrecendo e servindo de esconderijo para esses animais", disse.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp