20/07/2022 às 22h10min - Atualizada em 21/07/2022 às 00h01min

Diretor da CIA diz que cerca de 15 mil russos morreram em guerra na Ucrânia

A CIA estima que o número de feridos é cerca de 45 mil. Para ele, os ucranianos tiveram menos perdas, mas também foram significativas.

G1 Mundo
https://g1.globo.com/mundo/ucrania-russia/noticia/2022/07/20/diretor-da-cia-diz-que-cerca-de-15-mil-russos-morreram-em-guerra-na-ucrania.ghtml



A CIA estima que o número de feridos é cerca de 45 mil. Para ele, os ucranianos tiveram menos perdas, mas também foram significativas. Primeira-dama da Ucrânia pede mais armas aos EUA para proteger crianças
Os Estados Unidos estimam que as perdas russas na Ucrânia até agora chegaram a cerca de 15 mil mortos e possivelmente 45 mil feridos, disse o diretor da CIA William Burns nesta quarta-feira (20), alertando que Kiev também tem sofrido baixas significativas.
"As estimativas mais recentes da comunidade de inteligência dos EUA são algo em torno de 15 mil mortes (nas forças russas) e talvez três vezes mais feridos (45 mil). Portanto, um conjunto bastante significativo de perdas", disse Burns no Fórum de Segurança de Aspen, no Colorado.
Imagens de destroços na Ucrânia
Reprodução
"E os ucranianos também sofreram - provavelmente um pouco menos do que isso. Mas (também foram) baixas significativas."
Rússia diz que pode mudar metas
A Rússia afirmou nesta quarta-feira (20) que seus atuais alvos militares na Ucrânia vão além da região do Donbass, no leste do país, e que descarta manter manifestações de paz com o governo ucraniano.
O ministro russo das Relações Exteriores, Serguei Lavrov, disse em entrevista que seus alvos militares da Rússia na Ucrânia já não se limitam "unicamente" ao leste do país, uma região parcialmente controlada por separatistas pró-russos desde 2014.
"Não se trata somente de Donetsk e Luhansk, mas também da região de Kherson, a região de Zaporizhia e outros territórios", garantiu o chanceler russo a meios estatais.
Seu homólogo ucraniano, Dmytro Kuleba, respondeu que "a confissão do ministro de Relações Exteriores russo de seu sonho de apoderar-se de mais terras ucranianas demonstra que a Rússia rejeita a diplomacia e se concentra na guerra e no terror".

Fonte: https://g1.globo.com/mundo/ucrania-russia/noticia/2022/07/20/diretor-da-cia-diz-que-cerca-de-15-mil-russos-morreram-em-guerra-na-ucrania.ghtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp