11/08/2022 às 13h52min - Atualizada em 11/08/2022 às 13h52min

​2º BPM comemora aniversário da corporação com aula inaugural

No auditório do Centro de Ciências Humanas e da Educação, antiga FAFIJA

Assessoria
Divulgação
Nesta quarta-feira (10), no auditório do Centro de Ciências Humanas e da Educação, antiga FAFIJA, o 2º Batalhão de Polícia Militar realizou solenidade alusiva aos 168 anos da Polícia Militar do Paraná.

Como parte das comemorações, o evento contou com aula inaugural ao Novos Policiais Militares e Bombeiros Militares, que iniciaram formação por meio do Curso de Formação de Praças – CFP, na sede do 2º BPM e também no 7º Subgrupamento de Bombeiros, ambos na cidade de Jacarezinho.

A referida aula foi proferida pelo Procurador-Geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Paraná, Doutor Gilberto Giacoia, com o tema: Segurança Pública, Direitos Humanos e Cultura da Paz, na modalidade de videoconferência.

O douto procurador, filho do Norte Pioneiro, discorreu pelo tema brilhantemente, trazendo profundo conhecimento sob ordenamento jurídico com enfoque nos Direitos Humanos aplicados ao trabalho policial. Trouxe múltiplas parábolas, como a Alegoria da Caverna – de Platão, o Fogo Divino – tradição Hindu, Para que Serve a utopia? – Eduardo Galeano, para de alguma forma demonstrar aos novos policiais e demais convidados, a importância do Saber.

Na solenidade estiveram presente e fizeram uso da palavra, o Juiz Federal Rogério Cangussu Dantas Cachichi, o Juiz de Direito de Jacarezinho, Renato Garcia, o Presidente da AMUNORPI e Prefeito de Siqueira Campos, Luiz Henrique Germano e o vereador Edílson da Luz, representante do legislativo de Jacarezinho.

Todos em seus discursos, enfatizaram a importância da formação dos novos policiais assumindo a profissão como vocação e compromisso na defesa do cidadão, da democracia e dos direitos humanos.

Por fim, o subcomandante do 2º BPM, Márcio Jaquetti, deu boas vindas aos novos policiais militares destacando a inovação na formação destes, como a disciplina de Direitos Humanos, tratada de forma interdisciplinar em todas as demais doutrinas do curso com ampliação para temas como: LIBRAS – Língua Brasileira de Sinais, atuação policial frente a grupos vulneráveis e minorias (mulheres, crianças, discriminação racial, LGBTQIA+, idosos, TEA – Transtorno do Espectro Autista e etc) bem como, combate ao assédio.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp