14/09/2022 às 22h56min - Atualizada em 15/09/2022 às 00h00min

Moraes determina que Procuradoria Eleitoral apure o caso de Douglas Garcia contra jornalista

Em despacho, presidente do TSE ressaltou a gravidade do episódio

Jovem Pan
https://jovempan.com.br/noticias/politica/moraes-determina-que-procuradoria-eleitoral-apure-o-caso-de-douglas-garcia-contra-jornalista.html


O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, determinou nesta quarta-feira, 14, que a Procuradoria Regional Eleitoral de São Paulo apure o caso do deputado estadual Douglas Garcia (Republicanos), que proferiu ofensas a jornalista Vera Magalhães, da TV Cultura, durante o segundo debate entre candidatos ao Governo do Estado. Em despacho, Moraes ressaltou a gravidade do episódio. “Considerada a gravidade do ocorrido, determino o encaminhamento do referido link da matéria ao Excelentíssimo Senhor Vice-Procurador-Geral Eleitoral para que possa dar o devido encaminhamento ao Procurador Regional Eleitoral de São Paulo, com o objetivo de ser analisada eventuais providências que entender necessárias”. Na noite de terça-feira, 13, Douglas Garcia fez ataques a jornalista Vera Magalhães durante debate entre candidatos ao Governo de São Paulo. Vídeos que circulam nas redes sociais mostram o momento em que Douglas, gravando um vídeo com o celular, se aproxima de Vera e começa a proferir as ofensas e intimidações, chegando a afirmar que a apresentadora do Roda Viva é uma “vergonha para o  jornalismo brasileiro”.

Mais cedo, o procurador-geral de Justiça de São Paulo, Mario Luiz Sarrubbo, abriu uma investigação criminal contra o deputado. Um acordo entre o Ministério Público (MP) de São Paulo e entidades de imprensa foi assinado em agosto para fortalecer a proteção a jornalistas. Com isso, foram abertos canais complementares para o MP receber denúncias sobre episódios de violência dirigidos a profissionais da imprensa. Douglas Garcia tem direito a foro por prerrogativa de função e só pode ser processado criminalmente pelo procurador-geral. Além disso, o Republicanos informou que vai convocar Douglas Garcia para “dar suas explicações” a respeito dos ataques à jornalista Vera Magalhães. Em nota, a legenda disse repudiar as atitudes do parlamentar por São Paulo e reforçou que não compactua com a abordagem do deputado e que vai avaliar “eventuais medidas concretas”. “Nunca o partido agrediu de nenhuma maneira qualquer pessoa”, diz comunicado da executiva estadual. A sigla ainda reafirma que a  conduta do partido é pautada no conservadorismo pela “via do diálogo, respeito às instituições e pessoas e bom senso”.


Replicado material da rede Jovem Pan via RSS



Fonte: https://jovempan.com.br/noticias/politica/moraes-determina-que-procuradoria-eleitoral-apure-o-caso-de-douglas-garcia-contra-jornalista.html
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp