15/09/2022 às 11h16min - Atualizada em 15/09/2022 às 11h16min

Mano Menezes elogia Vitão e fala até em convocação para seleção

Zagueiro de Jacarezinho está no Internacional de Porto Alegre desde abril

Redação - com informações de RODRIGO OLIVEIRA gauchazh.clicrbs.com.br
Ricardo Duarte / Inter/Divulgação
O técnico do Internacional de Porto Alegre, Mano Menezes deu uma recente entrevista sobre o zagueiro Vitor Eduardo da Silva Matos, ou simplesmente Vitão como é conhecido e chegou a citar o assunto convocação para a seleção brasileira.

Para Mano, Vitão, 22 anos, que é natural de Jacarezinho, "cresceu individualmente". Atualmente ele é titular da zaga colorada e ainda não tomou cartão amarelo no Brasileirão, um feito e tanto para a posição que joga, zagueiro.

Vitão foi destaque da vitória por 1 a 0 sobre o Cuiabá, no sábado (10). Ele foi elogiado pelo crescimento individual e pelo bom entrosamento com Gabriel Mercado.

Além de eficiente, o defensor comete poucas faltas e ainda não recebeu cartão amarelo no Brasileirão. Segundo o treinador, o atleta já poderia até ser lembrado para a Seleção Brasileira por conta das boas atuações.

"O Vitão vem demonstrando este desempenho para todo o Brasil de uma forma meio surpreendente, pois o conhecíamos pouco, tínhamos poucas referencias dele no futebol profissional. Mas ele está demonstrando ser um zagueiro muito bom. Certamente, se ele jogasse no centro do país, já estaria sendo lembrado para coisas maiores", declarou Mano Menezes, se referindo claramente a uma possível convocação para o time de Tite.

Os dois jogadores casaram bem, é importante ter dois zagueiros que se complementam. Nós construímos um sistema defensivo bom, acredito mais no sistema que nos jogadores individualmente, pois, a partir de uma defesa bem postada é que os atletas crescem individualmente", disse Mano sobre o entrosamento de Vitão com o argentino Gabriel Mercado.

Vitão foi contratado sem alarde junto ao Shakhtar, em abril, e, aos poucos, tornou-se titular absoluto na defesa colorada. Em 19 jogos pelo Brasileirão, o zagueiro cometeu apenas nove faltas e não recebeu nenhum cartão amarelo, números considerados excelentes para um jogador de defesa.

Vitão que começou na escolinha Pequeno Craque em Jacarezinho, depois em 2014 foi para o PSTC, onde permaneceu um ano e já chamou atenção de um olheiro do Palmeiras, para onde foi.  Em 2019 foi vendido ao Shakhtar Donetsk e com a guerra entre Rússia e Ucrânia, voltou ao Brasil e em abril foi emprestado ao Internacional de Porto Alegre.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp