18/10/2022 às 21h56min - Atualizada em 19/10/2022 às 00h01min

Alexandre de Moraes afirma que TSE não irá tolerar assédio eleitoral no segundo turno

Presidente do Tribunal Superior Eleitoral ressaltou que planeja uma reunião entre federações industriais e comerciais para discutir sobre o tema; detalhes sobre o encontro, como a data, não foram informados

Jovem Pan
https://jovempan.com.br/noticias/politica/eleicoes-2022/alexandre-de-moraes-afirma-que-tse-nao-ira-tolerar-assedio-eleitoral-no-segundo-turno.html


O ministro Alexandre de Moraes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), disse, durante sessão da Corte nesta terça-feira, 18, que não será tolerado possíveis casos de assédio eleitoral no segundo turno das eleições deste ano. O magistrado realizou a afirmação enquanto comentava a reunião junto ao procurador-geral do trabalho, José de Lima Ramos Pereira, e o procurador-geral eleitoral, Paulo Gustavo Gonet Branco. “O combate à desinformação é completado com o combate ao assédio moral, para que os eleitores possam escolher o melhor candidato sem qualquer interferência ilícita. Eu reitero aqui que o assédio moral é crime e como crime será combatido. E aqueles que praticarem tanto responderão civilmente como penalmente. O TSE não tolerará assédio moral”, comentou após informar que está nos planos da corte uma reunião com federações industriais e comerciais para tratar sobre o tema. “O eleitor tem que ter liberdade no momento do voto”, pontuou. O procurador-geral ressaltou que o Ministério Público do Trabalho recebeu 431 relator de assédio eleitoral neste ano, sendo 45 destes no primeiro turno e 386 no segundo turno. “Diferentemente de 2018, temos várias empresas. Praticamente uma denúncia, uma empresa. [Em 2018] eram 212 denúncias para 98 empresas, então eram duas ou 3 denúncias para cada empresa. Faltam ainda duas semanas para o segundo turno e a tendência de alta é evidenciada. Contra fatos não há argumentos”, finalizou. Presente no Código Eleitoral brasileiro, o assédio eleitoral ocorre quando um contratante ameaça ou oferece vantagens ao seu subordinado para que este vote em um candidato específico.


Replicado material da rede Jovem Pan via RSS



Fonte: https://jovempan.com.br/noticias/politica/eleicoes-2022/alexandre-de-moraes-afirma-que-tse-nao-ira-tolerar-assedio-eleitoral-no-segundo-turno.html
Link
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp