19/10/2022 às 20h29min - Atualizada em 20/10/2022 às 00h00min

Brasil registra mais 8.447 casos de covid-19 em 24 horas

Segundo boletim divulgado nesta quarta-feira, o número de pacientes recuperados da covid-19 passa de 33,9 milhões, e há 90.099 casos em acompanhamento.

Agência Brasil
https://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2022-10/brasil-registra-mais-8447-casos-de-covid-19-em-24-horas




O Brasil registrou, desde o início da pandemia, 687.483 mortes por covid-19 e 34.771.320 casos confirmados da doença. O número de pessoas que se recuperaram da doença está em 33.993.798 pessoas, e há 90.099 casos em acompanhamento.



Segundo boletim epidemiológico divulgado nesta quarta-feira (19) pelo Ministério da Saúde, em 24 horas, foram registrados 8.447 novos casos e mais 97 mortes em decorrência da covid-19. 33.993.798 pessoas se recuperaram da doença e 90.099 casos estão em acompanhamento.




Boletim Epidemiológico   19.10.2022

Boletim Epidemiológico 19.10.2022






Boletim Epidemiológico 19.10.2022 - Ministério da Saúde



Estados



Notícias relacionadas:

São Paulo é o estado com maior número de casos (6,12 milhões), seguido por Minas Gerais (3,88 milhões) e Paraná (2,75 milhões). O menor número de casos é registrado no Acre (149,7 mil). Em seguida, aparecem Roraima (175,2 mil) e Amapá (178,3 mil).



Quanto às mortes, de acordo com os dados mais recentes, São Paulo registra o maior número (175.371), seguido de Rio de Janeiro (75.776) e Minas Gerais (63.847). O menor número de mortes é registrado no Acre (2.029), no Amapá (2.164) e em Roraima (2.175).



Vacinação



Até hoje, foram aplicadas 486,3 milhões de doses de vacinas contra a covid-19, sendo 180,1 milhões com a primeira dose e 161,9 milhões com a segunda dose. A dose única foi aplicada em mais de 5 milhões de pessoas.



Replicado material da Agência Brasil via RSS



Fonte: https://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2022-10/brasil-registra-mais-8447-casos-de-covid-19-em-24-horas
Link
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp