29/10/2022 às 19h58min - Atualizada em 30/10/2022 às 00h00min

Novo presidente da Accenture Brasil e América Latina aborda melhorias para supply chain em cenário de crise mundial

Palestra aconteceu no evento ME B2B Summit 2022

SALA DA NOTÍCIA Imprensa Accenture
Em palestra realizada na tarde desta quarta-feira no ME B2B Summit 2022, Rodolfo Eschenbach, presidente da Accenture Brasil e América Latina, destacou como a crise mundial afeta diretamente a área de supply chain e apontou os caminhos para as empresas brasileiras se prepararem melhor para os desafios impostos por esse cenário. 

O executivo explicou que, mesmo com sucessivas crises, as empresas precisam “aprender com o futuro” e preparar uma cadeia resiliente, que aprimore o processo de tomada de decisão. Para isso, a Accenture propõe uma nova abordagem, baseada em quatro elementos: estratégia (alinhada aos objetivos de negócios e à necessidade do cliente final); resiliência de ponta a ponta (visibilidade estrutural ajuda as empresas a entenderem o valor em risco); orquestração da rede com inteligência artificial; e a integração do talento humano + máquina.

Segundo a pesquisa “Pessoas em Primeiro Lugar: força de trabalho do supply chain do futuro”, da Accenture, apenas 38% dos executivos da área sentem que seus funcionários estão prontos para utilizar as ferramentas tecnológicas que lhes são fornecidas. “Cada vez mais, a combinação de pessoas e máquinas é necessária para o sucesso do supply chain”, afirmou Eschenbach. “Não basta mais aprender com o passado e repetir cenários. As organizações líderes usam dados e inteligência artificial para tomar decisões e definir estratégias que antecipem o futuro.”
Link
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp