03/11/2022 às 17h16min - Atualizada em 04/11/2022 às 00h00min

Petrobras pagará quase R$ 44 bilhões em dividendos após aprovação do conselho

Com a ação, governo federal receberá R$ 12,5 bilhões e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) ficará com R$ 3,5 bilhões; ação desagradou cúpula do futuro governo Lula

Jovem Pan
https://jovempan.com.br/noticias/economia/petrobras-pagara-quase-r-44-bilhoes-em-dividendos-apos-aprovacao-do-conselho.html


A Petrobras divulgou nesta quinta-feira, 3, um comunicado onde informa que o Conselho de Administração da companhia aprovou a distribuição de dividendos aos acionistas no valor de R$ 3,3489 a cada ação preferencial e ordinária em circulação no mercado. O pagamento, segundo o documento obtido pela equipe de reportagem da Jovem Pan, ocorrerá em duas parcelas iguais em 20 de dezembro deste ano e 19 de janeiro de 2023, com o valor de R$ 1,67445 por ação existente. No entanto, aqueles que possuem os ADRs, ou seja, recibo de ações nos Estados Unidos, receberão os valores nos dias 28 de dezembro e 26 de janeiro. De acordo com a petrolífera, “o dividendo proposto está alinhado à Política de Remuneração aos Acionistas”, já que a legislação permite o pagamento de 60% da diferença entre o fluxo de caixa operacional e os investimentos a serem realizados, desde que o endividamento permaneça abaixo do limiar de US$ 65 bilhões. “Não existem investimentos represados por restrição financeira ou orçamentária e a decisão de uso dos recursos excedentes para remunerar os acionistas se apresenta como a de maior eficiência para otimização da alocação do caixa”, ressaltou a nota. Por se tratar de uma antecipação, a nota informa que estes proventos serão abatidos dos dividendos a serem aprovados na Assembleia Geral Ordinária de 2023.

A presidente do Partido dos Trabalhadores, Gleisi Hoffman (PT), utilizou as suas redes sociais para posicionar-se de maneira contrária à distribuição dos dividendos pela empresa e atacar a atual gestão da estatal. Segundo a deputada federal, a legenda de esquerda não aprova a política de retirada dos investimentos para benefício dos acionistas. Em sua publicação, a deputada federal ressaltou que, na sua opinião, a Petrobras deve “servir ao povo brasileiro”. “Passada a eleição volta a sangria na Petrobras. Estão preparando a distribuição de $ 50 bilhões em dividendos. Não concordamos com essa política que retira da empresa sua capacidade de investimento e só enriquece acionistas”, publicou a mandatária da sigla petista.


Replicado material da rede Jovem Pan via RSS



Fonte: https://jovempan.com.br/noticias/economia/petrobras-pagara-quase-r-44-bilhoes-em-dividendos-apos-aprovacao-do-conselho.html
Link
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp