18/11/2022 às 17h36min - Atualizada em 19/11/2022 às 00h00min

Alexandre de Moraes vota contra prisão especial a quem possui ensino superior

Magistrado é relator da ação e justifica que a norma é inconstitucional e fere o princípio da isonomia; ação foi ajuizada na corte em 2015 por Rodrigo Janot

Jovem Pan
https://jovempan.com.br/noticias/politica/alexandre-de-moraes-vota-contra-prisao-especial-a-quem-possui-ensino-superior.html


O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes votou nesta sexta-feira, 18, contra prisão especial para quem possuir diploma de ensino superior. Relator da ação protocolada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) em 2015, o magistrado justifica que a norma é inconstitucional e fere o princípio da isonomia.  “A norma impugnada não protege uma categoria de pessoas fragilizadas e merecedoras de tutela, pelo contrário, ela favorece aqueles que já são favorecidos por sua posição socioeconômica”, justifica. A PGR questiona o benefício, que está previsto no Código de Processo Penal, alegando violação da Constituição Federal e da dignidade humana. A prisão especial permite que o preso permaneça em locais diferentes dos presos comuns. Para o relator, o benefício transmite a ideia de que os demais presos não são dignos de tratamento especial. “A extensão da prisão especial a essas pessoas caracteriza verdadeiro privilégio que, em última análise, materializa a desigualdade social e o viés seletivo do direito penal, e malfere preceito fundamental da Constituição que assegura a igualdade entre todos na lei e perante a lei”, conclui Moraes. O julgamento da ação ocorre em plenário virtual.

 

Replicado material da rede Jovem Pan via RSS



Fonte: https://jovempan.com.br/noticias/politica/alexandre-de-moraes-vota-contra-prisao-especial-a-quem-possui-ensino-superior.html
Link
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp