MENU

13/04/2020 às 11h11min - Atualizada em 13/04/2020 às 11h11min

​Kleberson viraliza em reprise do penta e hoje investe em carreira de treinador nos EUA

Nadja Mauad / Globo Esporte
ODD ANDERSEN / AFP
Brilhar entre tantas estrelas em uma final de Copa do Mundo, um garoto de Uraí, no Norte do Paraná, conseguiu. O nome Kleberson foi um dos mais procurados no Twitter neste domingo. Durante a exibição da final da Copa do Mundo de 2002 na Globo, o volante revelado pelo Athletico foi o terceiro assunto mais buscado no país.

- Até hoje quando vejo lances, jogos daquela Copa, aquela bola no travessão que não entrou. Naquele momento o que se esperava era falar do Ronaldo, Ronaldinho, do Rivaldo e surgiu Kleberson, nome até difícil, foi fantástico, relembrou.

O jogador, então com 23 anos, deu a assistência para o segundo gol de Ronaldo na decisão contra a Alemanha.

- Era uma característica muito da minha parte. Sempre explorava o lado direito do campo, sempre trazia pra dentro, tentava chutar com a esquerda. Quando tive aquele momento, vi o Rivaldo e minha intenção era tocar pra ele, mas o Rivaldo foi muito inteligente. Comento com a minha esposa, que vão passar Copas e Copas e vão lembrar desse momento. Aqui vão falar “olha meu vô”, disse.

Antes, no primeiro tempo, ele acertou um chutaço no travessão e também quase marcou com um batida cruzada que passou perto da meta do goleiro Oliver Kahn.

- Aquele dia quando acordei, não imaginava que seria tão especial e que até hoje seria lembrado com tanto carinho. Estava ao lado de feras, em uma final da Copa do Mundo, muitas pessoas não imaginavam que eu um dia poderia estar ali. E estava ao lado de jogadores excepcionais, representando a altura.

Na narração original de Galvão Bueno, a participação do Xaropinho foi exaltada diversas vezes.

“Kleberson é o homem surpresa”.
“Que moral do Kleberson, tá jogando em casa”.
“Lá vai o menino Kleberson”.
“Que partida faz o Kleberson”.
“Dois gigantes em campo: Roque Júnior e Kleberson”.
Um ano após o Mundial, Kleberson se transferiu para o Manchester United, da Inglaterra. Apresentado junto com uma então aposta chamada Cristiano Ronaldo, o meio-campista não se firmou no futebol britânico. Depois, jogou no Besiktas, da Turquia.

Em 2008, o volante voltou ao Brasil para defender o Flamengo, onde foi campeão nacional na temporada seguinte. O paranaense ainda retornou ao Athletico, em 2011, em uma passagem para se esquecer.. Sofreu com lesões, jogou pouco e viu o time ser rebaixado. Seu último time no Brasil foi o Bahia, em 2012, antes de se transferir para os Estados Unidos.

Hoje, 18 anos depois, Kleberson anda sumido do cenário nacional. O motivo? Desde que se aposentou, em 2017, trabalha com categorias de base nos EUA.

- Minha intenção aqui nos EUA é crescer. Hoje estou trabalhando na academia do Philadelphia Union, da MLS. Estou me capacitando bastante, fazendo vários cursos. Sei que minha ligação com o futebol brasileiro é grande, um dia vou voltar. Mas primeiro estou me preparando para estar forte quando surgir essa oportunidades. É algo que mentalizo muito, comentou o pentacampeão, hoje com 40 anos de idade.

- De vez em quando tenho umas recaídas, bate uma vontade de voltar, mas espero o momento certo”, completa Kleberson, que treina a equipe sub-12 do Union e é auxilar-técnico do sub-19.

O prata da casa do Athletico admite que torce para outro jogador que fez história com a camisa do Furacão seguir seus passos na seleção. Kleberson, campeão brasileiro em 2001, deposita muita confiança no volante Bruno Guimarães, que levantou a Copa Sul-Americana, em 2018, e a Copa do Brasil, em 2019, pelo Rubro-Negro.

- Ele tem muita qualidade e uma visão de jogo muito boa. Mas o que mais me chama a atenção é que ele mantém um padrão muito bom em todos os jogos. É difícil ver o Bruno tendo um dia abaixo do seu normal. Ele sempre participa, se apresenta, aparece e, sem dúvida, isso é importantíssimo. Ele [Bruno] tem potencial, qualidade para jogar uma Copa do Mundo. Não só jogar, mas de se impor. Torço muito por isso, ressaltou.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp