MENU

24/09/2020 às 16h00min - Atualizada em 24/09/2020 às 16h00min

​Adapar alerta sobre sementes desconhecidas em encomendas estrangeiras na região

Segundo o órgão, oficialmente não há nenhum caso, mas há relatos de uma jacarezinhense que recebeu sementes em uma caixa de sapatos vindos do exterior

Tribuna do Vale
Reprodução/Ministério da Agricultura
A Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), unidade de Jacarezinho, alerta a população para o recebimento de sementes desconhecidas vindas em encomendas do estrangeiro. Na região do Norte Pioneiro ainda não foi oficializado nenhum caso.

O caso mais próximo foi registrado em Rolândia (PR), porém já há relatos de uma jacarezinhense que recebeu sementes em uma caixa de sapatos vindos do exterior. O órgão já contabiliza em todo Estado pelo menos cinco casos desde a quarta-feira, 16. 

De acordo com o engenheiro agrônomo, Diego Juliani de Campos, da unidade de Jacarezinho, o alerta é fundamental porque sementes entram com muita facilidade no país, por se tratarem de volumes muito pequenos, e nelas podem conter algum tipo de fungo, bactéria ou outro tipo de praga.

Por isso, a Adapar e o Ministério da Agricultura alerta para quem receber sementes desconhecidas vindas, principalmente vindas junto a outras encomendas, é importante reportar para o órgão para que essas sementes não se desenvolvam no ambiente brasileiro, pois, futuramente podem oferecer um risco tanto para os plantios, quanto para a saúde da população.

“A sementes devem ser encaminhadas até o órgão, para que passem por análise laboratorial. Podem conter algum tipo de praga que ainda não exista em nosso território e seja de difícil combate. Algumas pessoas receberam sementes junto com produtos eletrônicos, por exemplo, e isso é muito suspeito. A população deve estar em alerta para essas questões”, detalhou o agrônomo.

Quem souber qual o órgão mais próximo deve ligar para o Ministério da Agricultura, pelo telefone (41) 3361-4000, para que seja orientada a entregar em alguma sede do ministério ou que algum agente faça a retirada no local.


 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp