06/06/2024 às 20h07min - Atualizada em 06/06/2024 às 20h07min

​Polícia Civil de Jacarezinho prende mulher por homicídio logo após o crime

Investigação rápida leva à prisão de suspeita com tornozeleira eletrônica

JNN
PCPR
A Polícia Civil de Jacarezinho agiu rapidamente e elucidou o homicídio de Vinícius Manoel dos Santos, de 33 anos, ocorrido por volta das 11h40 desta quinta dia 06 na Rua Guoxim, Vila Leão. A vítima foi encontrada na via pública com ferimentos fatais no tórax.

Agentes da Polícia Civil, utilizando imagens de câmeras de segurança da área, identificaram uma mulher de 31 anos como autora do crime. Ela foi localizada e presa. Durante o interrogatório, a suspeita confessou ter esfaqueado Vinícius Manoel, alegando que agiu em defesa de seu marido.

As imagens de segurança revelaram que, antes do ataque fatal, houve uma briga envolvendo a vítima, a mulher presa, e o marido dela. Após o homicídio, o marido não foi encontrado. A faca usada no crime foi localizada na residência da autora e encaminhada para perícia pela Polícia Científica.

A mulher presa já possuía antecedentes por tentativa de homicídio e estava usando tornozeleira eletrônica no momento do crime. Além disso, uma testemunha que teria lavado a faca usada no homicídio a pedido da autora foi ouvida pela polícia e responderá por fraude processual.

O inquérito policial será remetido à Justiça no prazo de dez dias. A ação rápida da Polícia Civil e o uso de tecnologia de vigilância foram cruciais para a resolução do caso e a prisão da suspeita.

A prisão da mulher, já conhecida das autoridades, e a investigação célere sublinham a eficácia da Polícia Civil de Jacarezinho em lidar com crimes violentos e garantir a justiça para as vítimas. O caso segue agora para o judiciário, com a expectativa de um desfecho rápido e justo.


 


Link
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp