MENU

21/04/2020 às 21h46min - Atualizada em 21/04/2020 às 21h46min

​Que injustiça! Os craques que nunca foram campeões da Copa do Mundo

Alexandre Fernandes / Onefootball
Alexander Hassenstein/Getty Images
Maior torneio de seleções, sonho de todos os jogadores de futebol, a Copa do Mundo é disputada apenas de quatro em quatro anos. Também por isso, a lista de craques que sequer jogaram a competição é enorme.

Então, decidimos listar alguns craques que não tiveram a felicidade de ser campeão de uma Copa do Mundo. A ordem dos jogadores não reflete a qualidade dos atletas.

Zlatan Ibrahimovic
Por ter uma carreira recheada de títulos e prêmios individuais, Ibrahimovic tem certeza que Zlatan é o melhor jogador de todos os tempos. O atacante, entretanto, em duas oportunidades (2002 e 2006), sequer conseguiu levar a Suécia às quartas de final da Copa do Mundo.

Arjen Robben
Se existe uma seleção mais “azarada” que a Holanda, desconhecemos. Quase sempre com jogadores muito bons, a Laranja chega constantemente às Copas do Mundo como um dos favoritos. E Robben resume bem a decepção dos holandeses, que já “se iludiram” com craques como Van Basten, Gullit e Rijkaard.

Após ser eliminado nas oitavas de final em 2006, Robben comandou a Holanda ao vice-campeonato em 2010. O ponta ficou marcado por perder um gol, cara a cara com Casillas, na final contra a Espanha. Também jogou muito em 2014, mas acabou eliminado nas semifinais, contra a Argentina.

Luís Figo
Depois de Eusébio e antes de Cristiano Ronaldo, Luís Figo foi o maior nome do futebol português. Campeão por onde passou, como nos rivais Barcelona e Real Madrid, o craque não teve tanto sucesso com a seleção nacional.

Campeão do Mundial sub-20, em 1991, Figo disputou as Copas de 2002 e 2006. Na Coreia e Japão, Portugal foi eliminado ainda na primeira fase. No entanto, na Alemanha, comandados por Luiz Felipe Scolari, os portugueses foram às semifinais e só foram parados pela França.

Roberto Baggio
Inesquecível para brasileiros e italianos. Roberto Baggio teve uma carreira vitoriosa, especialmente, na Juventus e Milan, mas na seleção azzurra foram apenas decepções. Em 1990, caiu nas semifinais (nos pênaltis) diante da Argentina.

Em 1994, na final nos Estados Unidos, desperdiçou o pênalti que garantiu o tetracampeonato à Seleção Brasileira. E em 1998, caiu nas quartas de final contra a futura campeão França, mais uma vez nos pênaltis (Baggio, dessa vez, converteu).

David Beckham
Assim como a Holanda, a Inglaterra também chega constantemente às Copas do Mundo como uma das favoritas. No entanto, somente em 1966, obteve sucesso. Assim, não faltam grandes jogadores ingleses que se decepcionaram no torneio.

E David Beckham resume bem todas as gerações de craques que fracassaram. Em 1998, caiu nas oitavas de final diante da Argentina, nos pênaltis. Em 2002, nas quartas de final para o Brasil. Quatro anos depois, nos pênaltis, perdeu para a anfitriã Alemanha.

Michel Platini
Antes de Zidane, Griezmann e Mbappé, a França tinha Michel Platini como maior jogador de futebol. Jogou as Copas de 1978 (eliminado na primeira fase), 1982 (4° lugar) e 1986 (3° lugar).

Johan Cruyff
A história azarada da Holanda começou na década de 70. Comandados por Johan Cruyff, a Laranja Mecânica encantou o mundo na Copa do Mundo de 1974, no entanto, o título ficou com a Alemanha de Beckenbauer.

Zico
“Se Zico nunca ganhou uma Copa do Mundo, pior para a Copa do Mundo”. Essa frase é falada sempre para lembrar dos grandes craques que nunca ganharam o torneio.

O Galinho esteve presente nas Copas de 1978 (3° lugar), 1982 (2a fase) e 1986 (quartas de final). Esta última foi especialmente marcante para Zico, que perdeu um pênalti no tempo regulamentar diante dos franceses. Nas cobranças de pênalti se redimiu, mas Sócrates e Júlio César desperdiçaram, e a Seleção Brasileira foi eliminada.

Neymar
Maior nome do futebol brasileiro na última década, Neymar jogou duas Copas do Mundo. Em 2014, no Brasil, sofreu uma grave lesão nas quartas de final contra a Colômbia e viu de fora a Seleção tomar 7 x 1 da Alemanha.

Em 2018, Neymar vinha de lesão no PSG e chegou à Rússia com medo de se machucar novamente. O Brasil perdeu para a Bélgica por 2 x 1 e foi eliminado também nas quartas de final.

Cristiano Ronaldo
Maior nome da história do futebol português, Cristiano Ronaldo comandou a seleção na conquista da Euro 2016. No entanto, em Copas do Mundo, apenas decepções. Em 2006, ainda muito jovem, mas brilhando no Manchester United, foi eliminado nas semifinais para a França.

Em 2010, caiu nas oitavas de final para a futura campeã Espanha. No Brasil, em 2014, CR7 e Portugal não passaram da fase de grupos. E, em 2018, diante do Uruguai, a seleção portuguesa acabou eliminada nas oitavas de final.

Lionel Messi
A Argentina não ganha um título sequer desde 1993. Ou seja, quantos grandes jogadores não foram campeões de um Mundial? Riquelme, Batistuta, Verón, Gallardo…a lista é longa. Lionel Messi, claro, está neste infeliz grupo.

Fora todos os títulos pelo Barcelona e os seis prêmios de melhor do mundo, Messi esteve presente em quatro Copas (2006/10/14/18). Nas duas primeiras, quedas nas quartas de final. No Brasil, vice-campeonato diante da Alemanha. E na última, na Rússia, a Argentina foi eliminada nas oitavas de final contra a França.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp