MENU

06/11/2020 às 12h33min - Atualizada em 06/11/2020 às 12h33min

Médicos recuam em intenção de greve por redução salarial

Tribuna do Vale
Imagem de Bruno /Germany por Pixabay
Médicos que trabalham para o município de Jacarezinho recuaram na intenção de paralisar as atividades após uma redução salarial. A queixa dos profissionais foi relatada a Tribuna do Vale com a ameaça de uma greve, que acabou repensada. 

A origem da questão diz respeito a uma determinação do Ministério Público e do Tribunal de Contas do Paraná (TCE/PR) para que o teto salarial de todos os servidores do município não ultrapasse ao salário do prefeito. Como os vencimentos dos médicos era superior ao subsídio do chefe do Executivo, houve a necessidade da redução. 

De acordo com novos relatos, a classe deverá terminar o ano da forma como está para retornar o assunto em janeiro, já com a próxima administração municipal. Outra situação que chegou a Tribuna do Vale é que a intenção de fazer greve não era unânime e alguns dos médicos recha&ccedil ;aram a iniciativa. 

A redução nos vencimentos da classe foi oficializada através de decreto municipal em 26 de outubro e passou a vigorar desde então. A não ameaça de paralisação dos médicos representa um alívio para a comunidade, que se encontra em meio a um surto de Covid-19.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se as eleições fossem hoje, em quem você votaria para presidente do Brasil?

74.5%
16.7%
1.5%
0.9%
0.6%
2.1%
0.3%
0.3%
0.3%
0.6%
2.3%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp