MENU

06/11/2020 às 12h56min - Atualizada em 06/11/2020 às 12h56min

​Jacarezinho pode retomar medidas rígidas após aumento dos casos

Município teve mais de 100 casos confirmados em pouco mais de uma semana; descumprimentos de protocolo epidemiológico é a causa

Tribuna do Vale
Divulgação
Jacarezinho pode adotar medidas rígidas para tentar frear o avanço da Covid-19 no município, que apenas entre a semana passada e a atual teve mais de 100 casos confirmados da doença.
 
Nesta semana foram debatidas uma série de ações a serem tomadas pela prefeitura do município. As conversas com o comitê de enfrentamento à pandemia, com diferentes órgãos cogita, inclusive, voltar atrás em medidas de flexibilização das restrições sociais que foram implantadas nos últimos meses. 

“O que está acontecendo é que se não houver uma redução dos casos vamos precisar repensar muitas das medidas e voltar a algumas restrições que existiam anteriormente. Temos conversado com o comitê, Polícia Militar e outros órgãos para definir, mas haverá atitudes muito possivelmente ainda n esta semana”, pontua o secretário municipal de Saúde de Jacarezinho, Marcelo Nascimento. 
“É importante deixar claro que não somos e não estamos omissos. Vamos buscar ações para proteger a população”, completa. 

Jacarezinho se aproxima da marca dos 600 casos de Covid-19 e conta com mais de 100 casos ativos no momento. A princípio uma das medidas que pode ser prontamente implantada é a restrição no comércio noturno da cidade. 

POSTO AEROPORTO

Um dos locais mais afetados pelo avanço da doença foi o Posto de Saúde do Aeroporto, que teve 11 funcionários positivados nos últimos dias. 

A secretaria de Saúde isolou esses servidores e testou a totalidade de funcionários da Saúde veiculados ao município. Além disso, o posto em questão passou por uma completa desinfecção e está atendendo normalmente a população. 

DENÚNCIAS


Não são raras as denúncias de aglomerações de pessoas, principalmente jovens, em determinados pontos de Jacarezinho, como na Avenida Brasil e Avenida Manoel Ribas. De acordo com essas denúncias, não existe qualquer ação de fiscalização nestes locais nem o respeito a medidas como uso de máscaras.  

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se as eleições fossem hoje, em quem você votaria para presidente do Brasil?

73.3%
17.9%
1.4%
0.7%
0.7%
2.0%
0.3%
0.3%
0.3%
0.3%
2.7%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp