MENU

28/04/2020 às 19h18min - Atualizada em 28/04/2020 às 19h18min

​Situação do comércio noturno é debatida na Câmara

Marcos Junior
Divulgação
Os vereadores de Jacarezinho debateram na noite desta segunda-feira, 27, sobre a situação do comércio noturno no município. Atualmente são 25 estabelecimentos que somam 230 funcionários (diretos e indiretos) que estão utilizando a situação apenas delivery ou fechados.

“É preocupante. Pois se todos fecharem suas portas são aproximadamente R$ 400 mil mensais que causariam o impacto em Jacarezinho”, argumenta o vereador Fúlvio Boberg. Ele destacou que na reunião realizada juntamente com o Ministério Público, ACIJA e Poder Executivo o tema foi relacionado, mas foi rejeitado na ocasião pelo prefeito Sérgio Eduardo.

O vereador André de Sousa Melo, o Pastor André, utilizou o plenário para criticar a situação. “Estas pessoas também precisam trabalhar e levar o sustento para suas famílias. Com o decreto até às 20 horas impossibilita muitos de poderem realizar o trabalho”, analisa. Ele ainda enfatiza que seria necessária uma verificação da melhor alternativa para atender esta parte do comércio.

Os comerciantes entregaram uma lista dos comércios e situação aos vereadores. Um dos pedidos é que os locais possam abrir as 19 horas e fechar meia noite.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp