MENU

18/11/2020 às 18h03min - Atualizada em 18/11/2020 às 18h03min

​Jacarezinho tem aumento de 49 casos e dois óbitos pelo novo coronavírus em 24 horas

Cidade está com 124 casos ativos e oito óbitos no total

Jivago França - PortalJNN
Jivago França / PortalJNN
A cidade de Jacarezinho teve um aumento significativo de casos do novo coronavírus nos últimos dias e nas últimas 24 horas foram 49 novos casos, além de duas mortes causadas por complicações da Covid-19.

Ao todo, Jacarezinho tem nesta quarta-feira (18), 124 casos ativos com oito pacientes internados, oito óbitos, 105 casos suspeitos que aguardam resultado de exames.

Desde o começo da pandemia, foram 828 casos positivos de Covid-19, 2,10% da população de Jacarezinho (segundo dados do IBGE - 39.322 pessoas). 696 pessoas já se recuperaram da doença no município.

Foram descertados na cidade 4778 casos. A diretora da vigilância epidemiológica em Jacarezinho, Suelene Manfre Francisco de Oliveira explicou durante entrevista ao comunicador Claubinho Souza nesta quarta-feira (18) que já há um caso de reinfecção na cidade.

Gravidade

"A gente pode falar assim, é uma gripezinha. Graças a Deus a maioria dos casos estava sim leve, assintomático, não estava de grau moderado a grave, começou agora. É uma doença desconhecida, nova, não tem tratamento específico e a gente não conhece nada dela", destacou Suelene.
 
"A situação está preocupante mesmo. Inclusive eu sou uma das pessoas que achei que pelo clima fosse ter uma diminuição dos casos por se estar calor, mas não. Nós estamos vivenciando as piores semanas da pandemia. Um aumento absurdo de casos, um aumento muito grande de pessoas do estado moderado a grave", afirmou.

Segundo Suelene, a situação é grave. "Está complicado, mas deixar tudo só para o poder público nós não vamos resolver. Se a população não tiver a sensibilização de fazer a parte dela, nós vamos entrar em um caos", frisou a diretora da vigilância epidemiológica em Jacarezinho.

A entrevista contou ainda com o secretário municipal de saúde, Marcelo Nascimento e Silva e os vereadores Edilson da Luz e Nilton Stein. "A questão da multa eu acho necessária, pois aquelas pessoas que não estão tomando os cuidados, precisam arcar com isto, e só assim nós vamos poder fazer com que as pessoas tenham consciência", destacou Nilton Stein.

"Eu sou crontra o fechamento do comércio, tem muito comércio que está ai 'penando' muito em Jacarezinho, não só Jacarezinho, o Brasil está em crise. Ao mesmo tempo eu quero pedir para os nossos comerciantes para que eles nos ajudem. Tomar todas as medidas possíveis. E aquele comerciante que não está de acordo com o decreto do prefeito, com orientação do comitê, eu acho que devemos sim penalizar esse comerciante para não penalizar todos, porque temos 1% só que não obedece", afirmou Stein.
 
O secretário municipal de saúde, comentou a respeito da situação no comércio local. "Trabalhamos sempre com a conscientização, mas estamos vendo que só a conscientização não está surtindo efeito. Pedi o máximo rigor na fiscalização. Temos que intensificar a fiscalização. Fechar o comércio não é o caminho, mas fiscalizar e punir aquele que não estiver cumprindo as normas sanitárias adequadas para não contágio dentro do estabelecimento. Conscientização permanente e fiscalização mais rigorosa", garantiu Marcelo Nascimento e Silva.
 
É proibida a cópia ou reprodução total ou parcial dos artigos do PortalJNN bem como de suas imagens sem autorização por escrito. O conteúdo do PortalJNN é protegido pela Lei de Direitos Autorais (nº 9610/98).

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp