MENU

02/05/2020 às 19h44min - Atualizada em 02/05/2020 às 19h44min

​Quadrilha usou refém como escudo humano e drone para monitorar PM

Luiz Guilherme Bannwart / Tanosite
Divulgação
A quadrilha que provocou pânico e destruição na madrugada deste sábado (2), em Ourinhos (SP), durante roubo a agências bancárias na cidade, utilizou drones para monitorar a movimentação da Polícia Militar e reféns como escudos humanos.

De acordo com a PM, 40 bandidos participaram ação criminosa. Eles explodiram a agência do Banco do Brasil, mas segundo relatos de moradores outras agências também foram roubadas.

Unidades da Polícia Militar foram alvo dos criminosos e ficaram destruídas. Uma bomba foi deixada pela quadrilha em frente ao Batalhão da PM, e outras duas em uma rua e em uma das agências bancárias roubadas pelos bandidos.

Houve intensa troca de tiros na cidade e um morador foi baleado em uma das pernas, mas está fora de perigo. A PM informou que parte da quadrilha fugiu em direção ao Paraná. Até o momento nenhum suspeito foi preso.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp